Pazuello volta a citar fevereiro como data de possível início de campanha e cita vacinas de Oxford e CoronaVac

Confira as informações do programa Correspondente Independente das 8h.


0
Foto: Reprodução / TV Brasil

As primeiras vacinas contra a Covid-19 podem estar disponíveis para distribuição e aplicação na população brasileira a partir de meados de fevereiro, segundo o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. O ministro citou a previsão considerando o atual estágio dos imunizantes em desenvolvimento por AstraZeneca/Oxford e Sinovac/Butantan. Em entrevista coletiva após o lançamento do Plano Nacional de Vacinação, Pazuello também afirmou que todos os imunizantes fabricados no Brasil terão prioridade no Sistema Único de Saúde (SUS). E que será necessária a assinatura de um termo de responsabilidade apenas para quem tomar vacina de uso emergencial. Fonte: G1

Brasil ultrapassa marca de 7 milhões de casos confirmados de Covid-19

O Brasil ultrapassou a marca de 7 milhões de casos confirmados de Covid-19. Mais de 183 mil brasileiros perderam a vida por causa da doença — 968 nas últimas 24 horas, sem contar os dados do estado de São Paulo, que não divulgou boletim. Dezessete estados e o DF apresentaram alta na média móvel de mortes. Fonte: G1

Prefeitura de São Paulo cancela tradicional queima de fogos do réveillon

A Prefeitura de São Paulo voltou atrás e cancelou a tradicional queima de fogos do réveillon. A decisão é para evitar aglomerações em meio à pandemia do coronavírus. No ano passado, a festa reuniu cerca de 2 milhões de pessoas. Já na Baixada Santista, os prefeitos da região estão buscando, de forma conjunta e em parceria com o governo do estado, alternativas para conter a ida de turistas para o litoral paulista durante as festas de fim de ano. Uma das alternativas avaliadas é proibir o acesso às praias, segundo informado pelo prefeito de Bertioga, Caio Matheus (PSDB). No Rio de Janeiro, a Justiça determinou que Búzios, na Região dos Lagos, volte para a ‘Bandeira Vermelha – Risco 3’ de combate a pandemia. Com isso, os turistas que estão na cidade devem deixar o município em até 72 horas. A bandeira vermelha sinaliza o risco muito elevado de colapso da rede de saúde e necessidade de isolamento social completo. Fonte: G1

Partido Republicanos anuncia apoio a Arthur Lira na disputa pela presidência da Câmara

Na disputa pela presidência da Câmara dos Deputados, o partido Republicanos anunciou o apoio à candidatura do deputado Arthur Lira (Progressistas-AL), que é um dos principais articuladores do “Centrão” e aliado do presidente Jair Bolsonaro. Arthur Lira será o principal adversário do nome a ser apoiado pelo atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). O grupo de Maia articula apoiar Baleia Rossi (MDB-SP) ou Aguinaldo Ribeiro (Progressistas-PB). Os dois deputados não anunciaram candidatura. Fonte: G1

Congresso aprova lei que dá diretrizes para o Orçamento 2021; texto vai à sanção

O Congresso Nacional aprovou o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2021 — que prevê salário mínimo de R$ 1.088 e rombo de R$ 247 bilhões. O placar foi de 444 votos a 10 na Câmara. No Senado, houve votação simbólica, sem contagem nominal. Agora, o texto vai à sanção do presidente Jair Bolsonaro. Fonte: G1

Emmanuel Macron tem diagnóstico positivo para a Covid-19

O presidente francês Emmanuel Macron teve diagnóstico positivo para Covid-19 nesta quinta-feira (17), segundo um comunicado do governo da França. O documento não cita se a primeira-dama, Brigitte Macron, também foi testada. Com 67 anos, ela faz parte do grupo de risco para a Covid-19. Jean Castex, primeiro-ministro francês, também esteve em contato com o presidente e entrará em um isolamento voluntário por sete dias. Segundo o Eliseu, ainda não se sabe como Macron contraiu a doença, no entanto, ele teve diversas atividades públicas nas últimas semanas. Fonte: G1

Produção e apresentação: Júlio César Lenhard
Próxima edição: hoje, ao meio-dia

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui