Pediatra atende adultos com Covid-19 para ajudar no combate à pandemia em Lajeado

Suzana Elesbão de Borba é formada há 31 anos e sempre cuidou de crianças, mas com falta de profissionais, viu a necessidade de ajudar em outra frente.


2
Suzana Elesbão de Borba começou a ajudar na linha de frente na semana passada (Foto: Arquivo Pessoal)

Formada há 31 anos em medicina pela Universidade de Caxias do Sul, a pediatra Suzana Elesbão de Borba sempre atuou no cuidado e atendimento de crianças. Em 2020, com a chegada da pandemia, passou a prestar também auxílio para pais e avós de seus pacientes que chegavam no consultório com sintomas gripais. Por não ter muito conhecimento na área, Suzana buscou qualificação, se aperfeiçoou e começou a estender os serviços.


ouça a reportagem

 


 

Na semana passada, com classificação de bandeira preta em todo Estado do Rio Grande do Sul e agravamento da pandemia no Vale do Taquari, a médica decidiu se colocar a disposição para ajudar no combate a Covid-19 em Lajeado. “Surgiu a necessidade, o corpo clínico do hospital pediu auxílio para que médicos dessem apoio, pois os plantonistas não estavam vencendo fazer todos os atendimentos e eu me coloquei a disposição”, conta.

Neste mesmo momento a Unimed VTRP, juntamente com a Univates, montaram um serviço de atendimento de pacientes com coronavírus em casos de menor gravidade, recebendo também o apoio de Suzana. “Como eu já estava fazendo atendimentos no consultório, decidi ajudar nesta ação também”, explica. A médica não deixou de lado o trabalho como pediatra e atua nas duas frentes, conforme a disponibilidade de tempo. “Quando fecha o horário que precisa de atendimento e eu posso ir, eu vou”, ressalta.

Em um momento tão difícil para quem está na chamada “linha de frente” de combate a pandemia, Suzana diz que chega a se emocionar por poder oferecer seu trabalho e ajudar outros profissionais de saúde. “A corrente de união e de apoio que se forma nesse momento é de várias frentes, dedicação desde o pessoal da limpeza, de portaria, técnicos de enfermagem, enfermeiros, é uma rede de apoio”.

A pediatra faz um alerta para que a população faça sua parte e mantenha os cuidados para que a situação não fique ainda mais grave. Que todos continuem usando máscaras e evitem circulação desnecessária em espaços públicos. “É um momento de colapso de caos, vimos as UTIs lotadas, então temos que restringir. Eu vejo que as pessoas estão todas muito cansadas, talvez teríamos que ter feito algumas coisas melhor, mas isso é muito difícil apontar, isso vamos ver lá na frente.”

Pediatra atua há 31 anos na área (Foto: Arquivo Pessoal)

Busca por informações e estudos

A médica, especialista em pediatria, conta que desde o início da pandemia, em março de 2020, grupos de médicos iniciaram a busca de informações e estudos sobre a doença que estava se espalhando pelo mundo todo.

Por fazer parte de vários tipos de estudos por aplicativo, onde há troca de artigos e discussões de casos, com profissionais da região e também do estado, Suzana começou um movimento em Lajeado para pediatras atenderem também adultos com Covid-19.

“A partir do momento em que tínhamos condições de avaliar e saber como atender caso a caso, ficou quase impossível não prestar auxílio”, destaca.

Confira também:

2 Comentários

  1. Boa tarde ótima iniciativa da doutora , eu a conheço já foi pediatra do meu filho é uma grande pessoa Deus abençoe

  2. A população só têm a agradecer a todos os profissionais envolvidos no combate a pandemia. Parabéns a Dra pela atitude. 👏👏👏

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui