Peixes mortos tomam 4 km de praia em Pelotas

Autoridades investigam o que pode ter acontecido. Pesca ilegal e causas naturais estão entre os motivos possíveis


0

Um trecho de 4 km da faixa de areia da Praia do Laranjal, em Pelotas, na Região Sul do Rio Grande do Sul, foi tomado por milhares de peixes mortos entre domingo (9) e esta segunda-feira (10), de acordo com o Corpo de Bombeiros. Segundo o tenente Maurício Kerchirne, comandante dos guarda-vidas em Pelotas e São Lourenço do Sul, tratam-se de corvinas, uma espécie de peixe marítima trazida à Lagoa dos Patos pela água salgada do mar. “Muitos já estão entrando em estado de decomposição, exalando um odor desagradável”, afirma.

A praia do Laranjal fica em uma lagoa que tem conexão com o oceano, característica que a torna um “laguna”. Além das corvinas, também surgiram águas-vivas mortas na areia. Embora só tenham aparecido na beira da praia agora, os peixes já estariam mortos há mais tempo. Por enquanto, há duas especulações sobre o que aconteceu.

Conforme Kerchirne, os peixes podem ter sido largados na lagoa após pesca de arrasto por alguma embarcação clandestina ou então ficado presos em alguma enseada após o vento empurrar de volta a água salgada para o mar.

Fonte: G1


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui