Pela saúde! Com a pandemia, o tema ganhou ainda mais destaque nas campanhas municipais

Confira os bastidores da política e as notícias "quentes" da região.


0

Pela saúde

Há quatro anos, o tema principal da campanha municipal era segurança pública. Muitos candidatos da região usaram o tema como slogan. Passados quatro anos, o assunto principal desta campanha é saúde. É só analisar as pesquisas de opinião encomendadas pelos candidatos ou ir para a rua e conversar com o eleitor. Se perguntar a você leitor, qual é a tua prioridade, certamente responderá o tema saúde. A pandemia que vivemos acentua a necessidade de abordar a temática. Saúde sempre em primeiro lugar. Fica a dica para os candidatos.

Igualdade

Uma das principais conquistas das mulheres, o direito ao voto, fez 90 anos na terça-feira, dia 03. Passados nove décadas, apesar das mulheres serem maioria no Brasil, o que se percebe é de que elas ainda representam o menor número de candidatos e de eleitos em uma eleição, independentemente se for municipal, estadual ou federal. Já tivemos uma presidente, uma governadora, uma prefeita (me refiro à Lajeado), mas é pouco se compararmos aos homens eleitos. Talvez se passem mais 90 anos para mudar esta história.

Direito de resposta

Na justiça, a campanha de Marcelo Caumo (PP) conseguiu direito de resposta no programa de rádio de Márcia Scherer (MDB). No dia 29 de outubro, o programa da candidata Márcia, referiu-se ao vídeo apresentado nas redes sociais com o título “homenagear o crime”. A justiça, que já havia determinado retirar o conteúdo das redes sociais, garantiu direito de defesa para o candidato Caumo no tempo de rádio do MDB no programa desta quarta-feira, dia quatro.

Curtas:

** Encantado perdeu na última semana o odontólogo e ex-vereador Derqui Mottin, aos 83 anos. Mottin foi vereador por dois mandatos e uma suplência e concorreu a vice-prefeito pelo PP na chapa com Neri Sucolotti (PTB).

** O candidato a prefeito de Estrela Paulo Argeu Fernandes (PDT) virou manchete ao se atrasar para o debate da Rádio Popular, em Teutônia, no sábado pela manhã. A regra estabelecia que os candidatos deveriam estar no evento 20 minutos antes. Com o portão do Colégio Teutônia fechado, Paulo Argeu tentou pular e acabou caindo. O resultado: alguns pontos na mão.

** São 23 os projetos aprovados na Câmara dos Deputados para ajudar no combate à pandemia. Aguardam análise do Senado para virar lei.

** Sempre polêmico no que se refere a pandemia do coronavírus, o deputado federal gaúcho Osmar Terra (MDB), disse em entrevista que “se isolamento mais radical diminuísse o número de casos e mortes, a Argentina não seria o país onde mais cresce o número de mortes. E São Paulo não teria uma das maiores mortalidades do mundo”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui