Pelo menos 40% dos alunos realizaram a avaliação diagnóstica do Estado no Vale do Taquari

Avaliar é tri RS" encerra nesta sexta-feira. Iniciativa visa aferir o aprendizado dos estudantes em 2020 e avaliar as principais competências pedagógicas que precisam ser reforçadas em 2021


0
Cássia Benini, coordenadora regional da educação (Foto: Rodrigo Gallas)

A aplicação da avaliação diagnóstica “Avaliar é tri RS” no Vale do Taquari foi assunto do bate-papo do programa Panorama da manhã desta quinta-feira (10). Segundo a coordenadora regional da educação, Cássia Benini, pelo menos, 40% dos alunos realizaram o teste promovido pelo governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), até a última sexta-feira (4).

A aplicação, que é feita de forma impressa ou digital, ocorre em todas as escolas da Rede Estadual desde o dia 24 de maio e encerra nesta sexta-feira (11). “Esperamos bater a nossa meta que é avaliar 85% dos alunos.” A expectativa de bater a meta é positiva pois os testes realizados nesta semana ainda não foram contabilizados. Das 85 escolas compreendidas pela 3ª Coordenadoria Regional de Educação (3ª CRE), 79 realizam os testes.


ouça a entrevista

 


 

Cássia explica que a iniciativa visa aferir o aprendizado dos estudantes em 2020 e avaliar as principais competências pedagógicas que precisam ser reforçadas em 2021. São avaliados os estudantes do 2º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.

Após a realização dos testes, os resultados individualizados de cada aluno ficarão disponíveis na plataforma do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (CAEd) da Universidade Federal de Juiz de Fora, de Minas Gerais. A partir dos resultados, o professor irá trabalhar os conteúdos que precisam ser reforçados e avaliar as principais competências adquiridas de forma individualizada.

Depois da avaliação diagnóstica, será feita uma avaliação amostral, a fim de identificar as perdas de aprendizagem que ocorreram na educação como consequência da pandemia. RG

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui