Pelos Caminhos do Pão e Vinho receberá pavimentação asfáltica

Trecho de 23 quilômetros faz parte da rota turística que liga Ilópolis à Santa Tereza


0
Santa Tereza no Vale dos Vinhedos terá ligação asfalta com Vale do Taquari (Foto: Alício de Assunção)

Pensado desde 2012, o sonho de uma nova ligação por rodovia pavimentada e com menor distância entre os Vales do Taquari e dos Vinhedos começou a ser concretizado na sexta-feira passada. A assinatura pelo governo do Estado e lideranças municipais de um convênio para a pavimentação da Rota Turística pelos Caminhos do Pão e Vinho tornará esse sonho possível.


ouça a reportagem 


 

O trecho de 23 quilômetros, entre Roca Sales, Muçum e Santa Tereza receberá investimentos de cerca de R$ 10 milhões.

Para prefeito Mateus Trojan pavimentação incrementará turismo (Foto: Alício de Assunção)

 

Para o prefeito de Muçum, Mateus Giovanoni Trojan, a rodovia asfaltada será um divisor de águas para o Vale do Taquari. “A partir da pavimentação concluída teremos um acesso para o Vale dos Vinhedos mais curto, facilitando o deslocamento tanto para quem vai para lá como também para os turistas que virão para nossa região. Será um divisor de águas para o turismo regional”.

Ainda de acordo com o chefe do executivo de Muçum, outras ações e projetos credenciam o município para atender o fluxo de turistas. “Estamos nos organizando para isso. Instalamos placas orientando quem transita no município, proporcionamos qualificação aos empreendedores, formalizamos o Conselho Municipal de Turismo (Comtur), além de que recentemente quatro novos empreendimentos se instalaram em Muçum. Vivemos uma fase muito boa nessa área”, destaca.

A rota Pelos Caminhos do Pão e Vinho tem 70 quilômetros de extensão, envolvendo os municípios de Ilópolis, Anta Gorda, Vespasiano Corrêa, Doutor Ricardo, Encantado, Muçum, Roca Sales, Santa Tereza, Monte Belo do Sul e Bento Gonçalves. Amanhã, na continuação dessa reportagem iremos ouvir moradores do trecho que serão beneficiados, além do empresário Rafael Fontana, que faz parte da construção do projeto desde o início.

Texto: Alício de Assunção
turismo@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui