Penitenciária Modulada de Ijuí registra surto de Covid-19

Nesta sexta-feira (22), são 21 casos ativos e outros 26 esperando o resultado.


0
Foto: Divulgação / Penitenciária Modulada de Ijuí

A Penitenciária Modulada de Ijuí, no Noroeste do Rio Grande do Sul, está registrando um surto de Covid-19. Segundo a diretora do local, nesta sexta-feira (22), são 21 casos ativos e outros 26 esperando o resultado. Desde novembro de 2020, a penitenciária registrou 30 casos confirmados de coronavírus. No momento, cerca de 240 presos estão isolados. Uma das galerias com 120 detentos está com 80% de casos suspeitos sintomáticos. Todos os dias estão sendo coletados novos testes. A empresa que tem convênio com a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), onde os presos trabalham, também teve as atividades suspensas por 14 dias. No local, trabalham cerca de 30 presos na produção de embalagens. Fonte: G1 RS

Mourão diz que corrida por vacina causa problema no mundo e critica ”fura-filas”

O vice-presidente Hamilton Mourão minimizou os atrasos e as falhas nas negociações internacionais feitas pelo governo brasileiro para a aquisição de imunizantes contra a Covid-19 e disse que a corrida pela vacina “está causando problemas no mundo inteiro”. Após um período de incertezas sobre o envio de lote de vacinas vindas da Índia, previsto para chegar na tarde desta sexta-feira, o governo ainda enfrenta o desafio de importar insumos da China para dar continuidade à produção de vacinas no País. Mourão citou o caso dos Estados Unidos para reforçar que “todos os países enfrentam problemas” quanto ao processo de vacinação. “Eu vi que agora o presidente americano prometeu que em 100 dias ele vai vacinar 100 milhões de pessoas. Isso é um milhão de pessoas por dia, uma coisa difícil para um país que não tem um sistema de saúde capilarizado como é o nosso aqui no Brasil. Então, todos os países estão enfrentando problemas dessa natureza”, disse. Fonte: Correio do Povo

EUA passam de 17 milhões de vacinas contra Covid aplicadas; Biden prometeu 100 milhões em 100 dias

Os Estados Unidos aplicaram 17 milhões doses de vacinas contra a Covid-19 até o momento e lideram o levantamento desta sexta-feita (22) ligado à Universidade de Oxford. Mas a quantidade está muito abaixo da promessa não cumprida pelo ex-presidente Donald Trump (20 milhões no ano de 2020), e seu sucessor precisa correr para cumprir a meta de aplicar 100 milhões de vacinas nos primeiros 100 dias de governo. Com mais de 24 milhões de infectados e 410 mil mortes por Covid-19, os EUA são o país mais afetado do mundo. A proposta de Biden envolve US$ 20 bilhões acelerar o processo de vacinação. Entre as medidas estão aumentar os locais de vacinação, contratar 100 mil profissionais, investir em pessoal e fortalecer os departamentos estaduais e municipais de saúde.

Após recomendação do MPF, cidades da Região Central do RS decidem sair do modelo de cogestão

órgãos de Justiça, as 33 prefeituras que compõem a Região Central do Rio Grande do Sul decidiram sair do modelo de cogestão do distanciamento controlado proposto pelo governo estadual. A decisão se deve ao aumento da contaminação e propagação do coronavírus. O modelo de cogestão do governo estadual permite que os municípios adotem bandeiras mais brandas à classificação do distanciamento controlado. O objetivo das prefeituras da Região Central é permanecer no indicado pelo estado para evitar o colapso do sistema de saúde. Na prática, a decisão significa que cada município segue elaborando os próprios decretos, mas que a partir da próxima terça-feira (26), quando passa a valer o mapa do distanciamento controlado da semana em vigor, toda a região de Santa Maria vai obedecer as regras definidas pela bandeira, sem as regras da cogestão. Fonte: G1 RS

TSE suspende consequências para quem não votou nas eleições de 2020

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, assinou na quinta-feira uma resolução suspendendo as consequências legais para quem não votou nas eleições municipais de 2020 e não justificou ou pagou a multa. Entre suas justificativas, a medida considera “que a persistência e o agravamento da pandemia da Covid-19 no país impõem aos eleitores que não compareceram à votação nas Eleições 2020, sobretudo àqueles em situação de maior vulnerabilidade, obstáculos para realizarem a justificativa eleitoral”. O texto da resolução sobre o assunto considera ainda a “dificuldade de obtenção de documentação comprobatória do impedimento para votar no caso de ausência às urnas por sintomas da Covid-19”. Fonte: Correio do Povo

Mais 3,5 milhões têm último saque liberado do auxílio nesta sexta

Mais 3,5 milhões de beneficiários nascidos em outubro têm o saque em dinheiro da última parcela do auxílio emergencial liberado nesta sexta-feira (22). Para esse grupo, que faz parte dos ciclos 5 e 6 de pagamento, foram depositados R$ 2,7 bilhões em conta poupança digital, movimentada por meio do aplicativo Caixa Tem. Agora o valor pode ser resgatado ou transferido. A liberação do saque termina na próxima quarta (27), com 3,3 milhões nascidos em dezembro. Esta é a última parcela do benefício que começou em abril de 2020, para minimizar os impactos da pandemia de coronavírus entre os trabalhadores informais e população de baixa renda. Fonte: R7.com

Primeiro-ministro da Índia diz que o país é autossuficiente em vacinas contra Covid-19

O primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, disse nesta sexta-feira (22) que o país é completamente autossuficiente na fabricação de vacinas contra o coronavírus, e já foram inoculadas mais de 1 milhão de pessoas uma semana depois de iniciar uma campanha de imunização. No sábado, a Índia iniciou o que o governo classifica como o maior programa mundial de vacinação, usando duas vacinas fabricadas localmente: uma desenvolvida pela Universidade de Oxford e a AstraZeneca e outra desenvolvida pela indiana Bharat Biotech em parceria com o Conselho Indiano de Pesquisa Médica. Fonte: G1

Produção e apresentação: Caroline Silva
Próxima edição: hoje, às 18h

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui