A falta de exercícios físicos e a alimentação desregrada podem agravar a perda de massa muscular na terceira idade, transformação que tem reflexos sérios na qualidade de vida de idosos.

De acordo com o médico da família, Carlos Sandro Dorneles, o emagrecimento involuntário é um dos sinais da perda de massa magra, composta pelos músculos que sustentam e dão força ao corpo. Além disso, ele cita que existe uma perda da massa muscular normal da idade, entretanto, com uma alimentação coerente e prática de exercícios regulares como caminhada e corrida, é possível retardar esse processo e ganhar saúde.


ouça a entrevista


Atividades como natação, hidroginástica e dança também são boas opções de auxílio na recuperação da massa magra e melhor desempenho cardiovascular. Mas se o corpo frágil dos idosos for submetido a toda essa malhação sem os nutrientes necessários, em vez de bons resultados, os exercícios podem ter consequências negativas. Exercícios de impacto são os recomendados para surtir o efeito desejado de ganho de massa.

O médico ressalta ainda que quem está na terceira idade deve consumir carboidratos – reserva energética – cerca de três horas antes de encarar a academia – ou a falta de energia durante os exercícios será inevitável. A garrafinha de água também é acessório indispensável, pois idosos tendem a desidratar mais rapidamente que pessoas de menor idade. KO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui