Peruanos dizem adeus a vítimas de coronavírus em outdoors

Iniciativa tenta amenizar sofrimento de parentes de mortos pelo novo coronavírus no Peru, um dos países mais atingidos pela pandemia no mundo.


0
Foto: Reprodução

Os peruanos que não conseguiram se despedir de seus entes queridos que morreram durante a pandemia do novo coronavírus aproveitaram ofertas em outdoors para expressarem suas despedidas pelas ruas do país.

Nos arredores da capital Lima e em oito outras cidades, cartazes, placas e caminhões de propaganda prestam homenagens às vítimas do vírus, que muitas vezes foram transferidas diretamente dos hospitais onde morreram para os cemitérios sem velórios ou cerimônias fúnebres por conta dos riscos apresentados pela doença altamente contagiosa.

“Jano Madrid, você fez deste mundo um lugar melhor”, diz um deles. “Nunca esqueceremos do seu sorriso amoroso, Petty”, diz um outro, e um terceiro: “Fortunato Mestanza, a marca que você deixou nunca poderá ser apagada”.

“Jano foi direto do hospital para o crematório em um caixão e, a próxima vez que o vi ele estava em uma urna”, disse a viúva Tania Sotelo. “Essa pareceu uma ideia maravilhosa para mim, é um veículo para que eu possa dizer as coisas que nunca poderia dizer.”

As mensagens foram possibilitadas por uma campanha pública conduzida por 15 empresas de propaganda em outdoors que deixaram espaços disponíveis para 300 cartazes físicos e digitais, em outdoors e caminhões.

Famílias de luto são convidadas a enviar uma foto com uma homenagem curta para seu ente querido, e as mensagens são projetadas sem custo nos espaços de publicidade. Dados da Universidade Johns Hopkins mostram que o Peru passou dos 600 mil casos do novo coronavírus nesta terça-feira (25). O número de mortos pela doença no país, um dos mais atingidos pela pandemia no novo, ultrapassava 27,8 mil.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui