Pesquisadora da UFRGS cria embalagem biodegradável que muda de cor conforme validade do produto

Embalagem substituiria os sacos plásticos, sem agredir o meio ambiente.


0
Foto: Gustavo Diehl / URFGS

De uma matéria-prima orgânica, abundante e barata, a pesquisadora e engenharia química Cláudia Luchese, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), desenvolveu uma solução ambientalmente correta para o acondicionamento de alimentos: embalagens feitas de amido e de resíduos do processamento do suco de mirtilo.

Além de biodegradáveis, eles são dotados de uma propriedade inteligente: a embalagem muda de cor quando o alimento se torna impróprio para consumo. A embalagem substituiria os sacos plásticos, sem agredir o meio ambiente.

Fonte: G1 RS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui