Pessoas estão mais intolerantes com a fiscalização, lamenta coordenador de inteligência e do trânsito de Lajeado

Renner defende o maior rigor agora para que a região possa voltar para a bandeira laranja no Natal e no Ano-Novo.


4
Foto: Rodrigo Gallas

A região de Lajeado está, pela segunda semana consecutiva, na bandeira vermelha no Modelo de Distanciamento Controlado do governo do RS. Na última semana, a prefeitura publicou novo decreto e adotou as regras mais rígidas exigidas pelo estado para combater a expansão da pandemia de coronavírus. No final de semana, os órgãos de segurança fiscalizaram locais estratégicos para impedir aglomerações e isolaram pontos como parques, praças e áreas de estacionamento em avenidas. Já em dois pontos às margens do Rio Taquari, foram colocados blocos de concreto para evitar acesso de barcos ao rio.


ouça a entrevista

 


 

O coordenador de inteligência e do Departamento de Trânsito de Lajeado, Vinícius Renner, diz que, de forma geral, o trabalho foi tranquilo. Ele explica que alguns donos de food trucks e de bares acabaram se tornando conhecidos dos fiscais pelo descumprimento dos decretos. Nestes casos, os agentes produzem as provas necessárias, fazem a autuação administrativa e encaminham o material para o Ministério Público, órgão que pode denunciar por dano moral coletivo.

Renner admite que as pessoas estão sem paciência atualmente, depois de tanto tempo de pandemia e distanciamento controlado. Ele reconhece que aumentou a intolerância durante as abordagens. Mas faz um apelo para que as regras sejam cumpridas, mesmo que se discorde delas, pois considera deslealdade com a concorrência aqueles que abrem, mesmo contra as normas, enquanto outros do mesmo segmento seguem as determinações.

O coordenador defende o maior rigor agora para que a região possa voltar para a bandeira laranja a tempo para as semanas de Natal e Ano-Novo.

4 Comentários

  1. e os supermercados continuam ‘IMACULADOS” nestes estabelecimentos não tem regras, ali pode aglomerar a vontade…

  2. NAO VI ESSA FORÇA TAREFA NO COMITE DO PP, APOS AS ELEIÇOES ONDE GRANDE NUMERO DE POLITICOS E SIMPATIZANTES SE AGLOMERAVAM, INCLUSIVE SEM MASCARAS ,E AGORA QUE MORAL TEM PARA EXIGER DA POPULAÇAO, SE OS PROPIOS POLITICOS DA CIDADE NAO DERAM EXEMPLO

  3. Parem com essas matérias de fiscaliza isso e aquilo pq tudo isso não passa de conversa pra boi dormir.Td aparências. Minha tia fez uma denúncia no fim de semana de uma festa de dois dias. O responsável da prefeitura disse que não poderiam intervir em lugar particular e nem mesmo nas ruas.Chamaram a brigada que tbm n apareceu. Podem fiscalizar o que então?aos que organizam atividade de entretenimento, não percam tempo!Eles não “podem”intervir nas festas clandestinas, não podem das casas de festas tbm.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui