PF apreende R$ 1,3 milhão em casa de suspeito de fraude na Codevasf

Operação busca desarticular associação que fraudava licitações e desviava recursos federais da companhia de desenvolvimento


0
Foto: Divulgação

A Polícia Federal apreendeu, nesta quarta-feira (20), R$ 1,3 milhão em dinheiro durante operação para desarticular uma associação criminosa que promovia fraudes licitatórias, desvios de recursos públicos e lavagem de dinheiro que envolvia verbas federais da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

A companhia é uma empresa pública vinculada ao Ministério do Desenvolvimento Regional. O dinheiro foi apreendido na casa do suspeito que foi preso temporariamente. Além desse mandado de prisão, outros 16 mandados de busca e apreensão foram cumpridos. A PF também apreendeu artigos de luxo, como bolsas e relógios. A operação, chamada de Odoacro, ocorreu nas cidades de São Luís, Dom Pedro, Codó, Santo Antônio dos Lopes e Barreirinhas, no Maranhão.

A associação criminosa, segundo a PF, é liderada por um homem com o apelido de “Imperador”, o que serviu de inspiração para o nome da operação (em referência ao sobrenome do soldado que chefiou a revolta que deu fim ao Império Romano).

Fonte: R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui