Piloto de helicóptero é rendido no ar e faz manobra sobre batalhão da PM ao lado do presídio de Bangu

Segundo a polícia, piloto foi rendido, já no ar, com uma arma, e recebeu a ordem de ir até o Complexo Penitenciário de Bangu, que fica localizado ao lado do 14ºBPM. Helicóptero pousou em Niterói e homens fugiram. Draco está investigando o caso


0
Foto: Reprodução

Um piloto da Polícia Civil do Rio, que conduzia um helicóptero particular, teve que fazer uma manobra sobre o Batalhão da Polícia Militar em Bangu, Zona Oeste do Rio, para fugir de dois passageiros que o haviam rendido durante o voo. Segundo a polícia, os passageiros contrataram um voo para Angra dos Reis com previsão de retorno ao Rio nesta segunda-feira.

No final da tarde deste domingo (19) eles informaram que voltariam ontem. Ele foi rendido, já no ar, com uma arma, e recebeu a ordem de ir até o Complexo Penitenciário de Bangu. Os criminosos queriam que o piloto sobrevoasse a penitenciária.

O piloto chegou a entrar em luta corporal com os homens durante o voo. Eles desistiram do plano quando perceberam que o helicóptero poderia cair. Em nota, a polícia informou que quando sobrevoava o batalhão, o piloto fez uma manobra para simular um queda e a dupla deixou que ele voltasse a pilotar. G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui