Pinhão: o alimento do Sul do Brasil

Nos meses de maio e junho, no tardar do outono do hemisfério sul, as pinhas estouram ao sol do meio-dia, possivelmente como reflexo da dilatação após a manhã fria


1
Foto: Fred Kendi / Gazeta do Povo

No velho mundo os pinoli (do italiano pinolo, pl. pinoli) são pinhões de Pinus pinea, árvore nativa da região mediterrânea. Esses pequenos pinhões de formato ovalado, textura macia e coloração amanteigada são usados na culinária, especialmente do Oriente Médio—por exemplo para o recheio de quibes — e na Itália — notadamente no preparo do pesto genovês. Seu sabor assemelha-se ao da amêndoa. São comidos como snack em Portugal e em Espanha, onde também são utilizados na culinária, particularmente na doçaria.

Na América do Sul, pinhão é a designação genérica da semente de plantas gimnospérmicas, isto é, cuja semente não se encerra num fruto.


ouça o quadro

 


O pinhão se forma dentro de uma pinha, fechada, que com o tempo vai-se abrindo até liberar o pinhão. Nas pináceas (a exemplo do Pinus elliottii), as sementes são dotadas de uma película, como uma espécie de asa, que se descola da pinha madura e possibilita que as sementes sejam espalhadas pelo vento, iniciando-se assim o processo de crescimento de um novo pinheiro.

No Brasil, o termo pinhão geralmente designa as sementes da Araucária angustifolia, árvore de destacada importância cultural, econômica e ambiental na região sul e em algumas partes do sudeste do Brasil.

Medico e gourmet Marcos Frank fala sobre culinária nas sextas-feira no quadro “Direto Ao Ponto” (Foto: Divulgação)

Nos meses de maio e junho, no tardar do outono do hemisfério sul, as pinhas estouram ao sol do meio-dia, possivelmente como reflexo da dilatação após a manhã fria. Com o estouro estes pinhões espalham-se num raio de aproximadamente cinqüenta metros a partir da planta mãe. Mas, apesar de engenhosa, esta não é a principal forma de disseminação desta notável planta. O homem e os animais que se alimentam desse pinhão também atuam no transporte e disseminação das sementes. Os serelepes costumam armazenar os pinhões, enterrando grande quantidade de sementes no solo. Essas sementes acabam sendo esquecidas e assim geram novas árvores. Apesar da crença de que a gralha-azul dissemina o pinhão, na verdade são os pequenos roedores terrestres os principais vetores.

Por seu gosto característico, o pinhão é muito apreciado no sul do Brasil (no Paraná, que possuí reconhecidamente a maior área de araucárias do país, o pinhão é símbolo estadual, sendo o estado sulista conhecido com a “Terra do Pinhão”).

Em Santa Catarina o pinhão é talvez a comida mais típica do estado, sendo consumido assado ou cozido, destacando-se alguns pratos, como a paçoca de pinhão e o entrevero. No Paraná são feitos os doces de pinhão, frango ensopado com pinhão, sopa de pinhão, cordeiro ao molho de pinhão e outras iguarias paranaenses. O pinhão é também apreciado como aperitivo e em várias sobremesas. Existem até mesmo diversas “festas do pinhão”, que são festivais culinários que se realizam em uma boa parcela das cidades do interior do estado, onde há grande ocorrência de araucárias.

No Rio Grande do Sul, pinhões lembram o inverno e são consumidos puros após serem cozidos em água.

Entrevero de Pinhão

Ingredientes

  • 400 grama(s) de alcatra limpa em cubos
  • 400 grama(s) de lombo suíno ou paleta suína cortada em cubos
  • 100 grama(s) de bacon em cubos
  • 3 dente(s) de alho amassados
  • 2 colher(es) de sopa de cebola em cubos
  • 2 colher(es) de sopa de pimentão vermelho em cubinhos
  • 2 colher(es) de sopa de pimentão amarelo em cubinhos
  • 1 colher(es) de sopa de pimentão verde em cubinhos
  • 300 grama(s) de pinhão cozido
  • 1 tomate picado em cubinhos
  • Sal a gosto
  • Salsinha e cebolinha a gosto

Modo de preparo

No centro de uma frigideira de ferro ou disco de arado, coloque o bacon. Acrescente os pimentões e deixe cozinhar bem. Encoste nas laterais da frigideira e acrescente a cebola. Frite até suar e depois leve para as laterais da panela. Acrescente o alho e frite. Em seguida, adicione a alcatra e a carne suína já temperada. Frite, acrescente o tomate e os pinhões. Finalize com a salsinha e cebolinha e sirva a seguir.

 

1 comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui