“Podemos fazer a diferença não só nos negócios, mas na sociedade”, frisa Cíntia Agostini no Café da Manhã do Fórum da Mulher Empreendedora

Palestra no Salão de Eventos da Acil contou com a presença de mais de 70 mulheres


0
Foto: Alício de Assunção

O Salão de Eventos a Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil), foi palco, na manhã desta terça-feira (10), da 2ª edição do Café da Manhã do Fórum da Mulher Empreendedora. A ocasião contou com palestra da vice-presidente do Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat) e coordenadora do Tecnovates, Cíntia Agostini. Para um público de mais de 70 pessoas, formado basicamente por mulheres empreendedoras, a economista falou sobre “A Relevância dos Nossos Negócios no Desenvolvimento Regional”.

“Quando nos propusemos a este encontro, foi frisado “os nossos negócios” justamente por isso, de nós repensarmos nossos negócios naquilo que é o coletivo, que é ter propósito, que é pensar para além do negócio, como ele impacta, qual será um seu legado e como essas mulheres podem fazer a diferença, não só para seus próximos, mas para todo o contexto em que que elas vivem. Entender o cenário e este processo é o que pode fazer a diferença pra todos nós”, frisa a presidente do Codevat.

Sobre a inserção da mulher no mundo do empreendedorismo, Cíntia destacou que ainda existem barreiras de gênero a serem superadas na região. “Nós ainda somos algumas que empreendem, que fazem a diferença. As que tomam a frente passam dificuldades para levar adiante. Temos mulheres nos negócios, mas precisamos avançar ainda mais. Somos a metade da população. Podemos fazer a diferença não só nos negócios mas também na sociedade.


ouça a reportagem 


 

Sobre os rumos do ambiente econômico brasileiro, Cíntia Agostini faz uma projeção cautelosa, e alerta que o cenário não deve mudar a curto prazo. “Estamos vivendo um momento delicado em termos de mundo, e isso está dando conta das nossa cadeias globais de valor estarem desarticuladas, dos preços estarem desarticulados. Estamos falando de um processo inflacionário persistente e que deve permanecer por um bom tempo ainda, e com isso, nosso poder aquisitivo diminui. Tudo isso nos desafiando enquanto pessoa e enquanto negócios. O cenário mostra que, talvez tenhamos uma melhora da economia brasileira em 2024, com a volta da estabilidade”, projeta.

O próximo Café da Manhã do Fórum da Mulher Empreendedora da Acil está marcado para o dia 14 de junho. A palestrante será a CEO da distribuidora de medicamentos Cimed, de Encantado, Renata Galiotto. Ela falará sobre o tema “A Liderança Feminina Fazendo a Diferença nos Negócios”.

Texto: Luís Fernando Wagner
noticias@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui