Polícia Civil investiga suspeito de mutilar e matar gatos em duas regiões do RS

Ativistas da causa animal denunciam que homem, que já confessou o crime, adotou mais de 30 felinos que nunca mais foram encontrados


0
Foto: PC / Divulgação / CP

A Polícia Civil investiga as denúncias de que um homem adotava gatos para deixá-los mutilados ao quebrar dentes e patas, além de matá-los por estrangulamento, entre as regiões Noroeste e Central do Estado. Um filhote foi resgatado ainda a tempo na pousada onde estava o suspeito, na cidade de Jóia.

Segundo ativistas da causa animal, mais de 30 gatos teriam sido vítimas do homem também em Ijuí, Santo Ângelo e Santa Maria. O suspeito confessou o crime. Segundo a polícia a ação teria acontecido por motivos fúteis.

Com o inquérito aberto, a investigação buscará reunir as provas das denúncias, aprofundar a confissão do suspeito e obter os depoimentos de testemunhas. Caso condenado o homem poderá ser enquadrado na lei 9.605/98 que prevê pena de reclusão de dois a cinco anos . CC

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui