Polícia Federal apreende celular de prefeito eleito em Venâncio Aires

Foram feitas buscas nas residências do vereador Eduardo Kappel (PL) e do prefeito eleito, Jarbas da Rosa (PDT).


0

A Polícia Federal realizou diligências na cidade de Venâncio Aires durante a manhã desta quinta-feira (19). Foram feitas buscas nas residências do vereador Eduardo Kappel (PL) e do prefeito eleito, Jarbas da Rosa (PDT). Ambos os políticos tiveram seus celulares apreendidos. Os aparelhos foram levados a pedido do Ministério Público (MP), para a investigação de um denúncia sobre supostas irregularidades relativas à emissão de atestados médicos.

A ação teria sido motivada após um vídeo publicado por Kappel ainda antes da eleição, no qual afirma que Jarbas da Rosa seria responsável por conduzir uma “máfia dos atestados”. O vereador apresenta cópias de conversas de WhatsApp do prefeito eleito, nas quais vários atestados são solicitados ao profissional.

Nota de esclarecimento

Em uma nota divulgada pela assessoria de imprensa do PDT, Jarbas disse que recebeu com tranquilidade a informação de que o Ministério Público está investigando as declarações caluniosas de Kappel (PL). Ele confirma que entregou seu celular para que seja realizada a investigação completa junto aos aplicativos de mensagens.

O prefeito eleito citou ainda que a verificação é importante para responsabilizar criminalmente os autores e possíveis mandantes dos ataques contra a sua pessoa. Falou também fazer questão de que não paire qualquer dúvida sobre a idoneidade do seu trabalho, seja na esfera pública ou privada.

Um boletim de ocorrência foi feito junto a Polícia Civil para apurar uma possível clonagem do celular do político, bem como o vazamento de conversas do aplicativo WhatsApp e o uso indevido dessas mensagens. AD/Folha do Mate


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui