Polícia Federal usará drones para fiscalizar crimes eleitorais

Serão utilizadas 100 aeronaves em municípios estratégicos em todo o território nacional.


0
Foto: Divulgação

A Polícia Federal (PF) de Santa Cruz do Sul, no Vale do Rio Parde, realiza nesta terça-feira (27) exercícios simulados para utilização de drones como ferramenta para inibir e investigar a prática de crimes eleitorais durante o pleito de 2020.

A ação possibilitará a fiscalização de crimes como boca de urna, compra de votos e transporte de eleitores no dia da votação. O treinamento ocorre nas unidades da PF em todo o país. Em Santa Cruz, o exercício simulado acontece no Parque da Oktoberfest.

Ao todo, serão utilizadas 100 aeronaves em municípios estratégicos em todo o território nacional. Os equipamentos são capazes de tornarem-se imperceptíveis ao voar em elevada altitude, e contam com câmeras capazes de realizar zoom suficiente para identificar suspeitos, placas de veículos, entregas de santinhos e situações de compra de votos, com imagens de alta nitidez. As imagens capturadas serão transmitidas a uma equipe da Polícia Federal que poderá adotar medidas necessárias para combate ao crime. MS/Portal Arauto

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui