Polícia indicia homem por estupro de crianças em condomínio de Canoas

Investigação dá conta de que ele usava filho para atrair crianças. Ao menos três vítimas de abuso foram identificadas; sendo duas, filhas de vizinhos. Indivíduo está preso preventivamente


0

A Polícia Civil indiciou um homem pelo estupro de crianças em um condomínio de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Ao todo, três vítimas de abuso foram identificadas. O anúncio foi feito pelo delegado Pablo Rocha, titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), durante coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira (29). O homem está preso preventivamente desde o dia 7 de novembro.

O advogado Samuel Aguiar da Cunha, que defende o indiciado, afirma que segue convicto da inocência do cliente e que vai se manifestar a respeito da decisão policial durante a tarde. Para o delegado Rocha, as provas obtidas pela polícia durante a investigação comprovam que houve crime, apesar dos laudos do Instituto Geral de Perícias (IGP) não apontarem violência sexual.

Fonte: G1


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui