Polícia investiga causas e eventuais responsabilidades por incêndio na Cinemateca; galpão estava regularizado, diz Bombeiros

PF também irá apurar caso ocorrido no galpão em SP, na quinta (29). Secretaria Especial da Cultura, pasta do governo federal administra local que armazenava acervo histórico de filmes. Não houve vítimas. Fogo começou em ar-condicionado de sala que fica no 1º andar. Local tinha AVCB, mas MPF havia alertado sobre risco de incêndio 2 semanas antes


0
Incêndio em galpão da cinemateca (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil investiga as causas e eventuais responsabilidades pelo incêndio que atingiu o galpão da Cinemateca Brasileira, na Vila Leopoldina, Zona Oeste de São Paulo, no início da noite de quinta-feira (29). A Polícia Federal (PF) também irá apurar o caso, segundo a Secretaria Especial da Cultura, pasta do governo federal responsável por administrar o local. Não houve vítimas.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), antes de ser atingido pelas chamas, o local estava regularizado e possuía certificação dos Bombeiros que atestou que o prédio possuía todas as condições de segurança contra incêndio e pânico, previstas na legislação.

Mas em audiência realizada no último dia 20, o Ministério Público Federal em São Paulo (MPF-SP) já havia alertado o governo federal, responsável pela Cinemateca, para o risco de incêndio no local. O incêndio ocorreu nove dias depois.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui