Polícia prende três suspeitos de participação em linchamento na Serra Gaúcha

Arlindo Pagnoncelli morreu após 10 dias internado no hospital. Ele foi agredido por mais de 40 pessoas.


1
Arlindo Pagnoncelli foi agredido por mais de 40 pessoas (Foto: Arquivo pessoal)

Três pessoas foram presas na manhã desta sexta-feira (27) por suspeita de participação na morte de Arlindo Elias Pagnoncelli, 38 anos, linchado em Nova Prata, na Serra Gaúcha. O crime foi no dia 8 de novembro.

Arlindo, conhecido na cidade como Zinho, ficou 10 dias internado, e morreu no Hospital de Vacaria. As prisões preventivas foram em três cidades: Nova Prata, Vista Alegre do Prata e Flores da Cunha.

A Polícia Civil não divulgou detalhes sobre os presos. A investigação trata o caso como homicídio qualificado. Entre os agressores, estaria um policial militar.

Fonte: G1

1 comentário

  1. Pois é, ele era branco, na reportagem não diz nada sobre sua ficha policial, que a então a princípio presume-se que é limpa, e nada foi comentado. Agora se fosse de “minorias” a grita seria grande. Agora me pergunto, onde, quando e no que somos diferentes?? Temos que nos tratarmos da mesma forma, somos todos humanos, nem um “tipo” tem mais valor que o outro, ou será que agora a nossa Constituição deverá tratar seus cidadãos de forma diferente?? Façam-me o favor, aos ignorantes ou aproveitadores de situações, que se calem, bando de safados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui