Ponte da BR-386, em Estrela, será completamente liberada no dia 10 de maio

Laudos apontaram a possibilidade de reuso da estrutura já existente, com a realização de reforços mínimos


1
Foto: Reprodução

O tráfego de veículos na BR-386, em Estrela, já tem data para ser normalizado. A ponte sobre o Arroio Boa Vista será completamente liberada no dia 10 de maio. A informação foi divulgada pela CCR ViaSul e pelo prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo, após reunião realizada no final da tarde desta quarta-feira (7).

O encontro também contou com a presença da Polícia Rodoviária Federal, de representantes da Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT) e da Câmara da Indústria, Comércio e Serviços do Vale do Taquari (CIC-VT). Após a conclusão dos estudos, os laudos apontaram a possibilidade de reuso da estrutura já existente, com a realização de reforços mínimos na ponte e sem a necessidade de qualquer tipo de demolição. Com isso, o prazo para a conclusão dos serviços, que era de quatro a seis meses, reduz para pouco mais de 30 dias.

Conforme o diretor-presidente da CCR ViaSul, Fausto Camilotti, os resultados dos ensaios indicaram que boa parte da estrutura se manteve preservada. Serão realizados trabalhos de recuperação na parte externa dos pilares, além de serviços no tabuleiro, no pavimento e no guarda corpo da ponte. “Como a estrutura mais antiga foi a mais atingida pelas chamas, foi necessário todo um cuidado no momento destes estudos”, explica.

De acordo com Camilotti, a partir de agora será feita uma mobilização de trabalho para que a obra seja entregue dentro do prazo previsto. Ele garante que diversas equipes irão atuar no local de forma simultânea. Questionado pela reportagem da Rádio Independente, Fausto disse ainda não haver uma previsão dos investimentos necessários para o reparo da ponte.

A concessionária também mantém a previsão para a liberação total da pista do sentido interior – capital. A tendência é que as obras na travessa e na laje sejam finalizadas no próximo dia 13 de abril, liberando o tráfego de veículos pesados em ambos os sentidos da rodovia. O fluxo no local está prejudicado desde a manhã do dia 13 de março, quando um caminhão carregado com combustível explodiu junto ao km 350 da rodovia. O acidente resultou na morte do motorista do veículo. AD

1 comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui