Por conta de mau cheiro vindo de empresa, morador coloca casa para vender em Teutônia

No domingo houve buzinaço em frente a fábrica chinesa BT Biocompany, no Bairro Canabarro


0
Empresário e morador do bairro, André Rosa (Foto: Caroline Silva)

Não é de hoje que os moradores do Bairro Canabarro, em Teutônia, precisam conviver com o forte odor vindo da empresa chinesa BT Biocompany, responsável pela fábrica de produtos farmoquímicos. Já foram realizados protestos, abaixo-assinado, e uso da tribuna na Câmara de Vereadores, em busca de uma solução.

A situação fez com que o empresário e morador do bairro, André Rosa, tenha colocado para venda e locação sua residência. Ele fala que decidiu retornar para sua cidade natal. “Eu tenho esse imóvel há 13 anos, e antes da pandemia viemos morar aqui, mas assim que começou esse mau cheiro resolvemos voltar para Canoas e colocamos  a casa tanto para alugar quanto para vender”, conta.

No entanto, ele diz que o local da casa dificulta o negócio. “Já tivemos várias visitas de interessados, mas quando as pessoas têm conhecimento desse problema, elas desistem. A gente tem uma perda material, pois nossos imóveis estão perdendo valor por conta dessa empresa”, lamenta.

O empresário também fala que virou rotina os moradores se fecharem dentro de suas casas, além de alguns passarem mal. “Chamar de mau cheiro chega ser elogio. As pessoas reclamam de náusea, dor de cabeça, algumas não conseguem comer. O próprio comércio trabalha de portas fechadas”, relata.

Nesta terça-feira (30) moradores vão usar a tribuna livre da Câmara de Vereadores para expressar seu descontentamento e pedir apoio do legislativo.

Empresa chinesa BT Biocompany, responsável pela fábrica de produtos farmoquímicos (Foto: Caroline Silva)

O que diz a empresa

Em nota, o jurídico da empresa BT Biocompany, disse que a empresa está tomando as medidas solicitadas pelos órgãos competentes e que alterações de processo e tratamento já foram adotadas para resolver a situação nos últimos meses. “A produção ocorreu de forma contínua, ininterrupta, de outro lado, as reclamações de odor ocorreram em ocasiões de tratamento específicas, das quais estão sendo adotadas as medidas cabíveis”, diz um trecho.

Além disso, a empresa fala que espera que em curto período de tempo essas situações de odor sejam resolvidas e que todos os esforços estão voltados para essa resolução.

Texto: Caroline Silva
jornalismo@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui