“Por favor, nos ajudem, é a reta final”, diz pai de Lívia Teles devido a nova meta de R$ 12 milhões

Campanha “Todos pela Lívia” atingiu R$ 9 milhões e com a alta do dólar precisa de mais R$ 3 milhões. Menina busca a cura da Atrofia Muscular Espinhal (AME).


0
Lívia Teles e os pais, Luana e Anderson (Foto: Arquivo Pessoal)

Após atingir a meta inicial de R$ 9 milhões em arrecadações nesta quarta-feira (1º), a Campanha “Todos pela Lívia” possui um novo objetivo, que é chegar aos R$ 12 milhões. Para isso, é necessário que as ações de voluntários, amigos e familiares, tenham continuidade. O pai da menina, Anderson Teles, faz um apelo. “Por favor, nos ajudem, é a reta final, não falta muito, para quem duvidava, está aí, agora falta o gás final para chegarmos lá”.


ouça a reportagem

 


 

A luta é pela cura de Lívia Teles, menina de Teutônia que aos quatro meses de vida foi diagnosticada com Atrofia Muscular Espinhal (AME) tipo 1. Ela precisa fazer a aplicação do remédio zolgensma antes dos dois anos de idade, por tanto até outubro deste ano. O procedimento será realizado na cidade de Boston, nos EUA, por isso o valor é cotado em dólar. Devido a alta da moeda, o medicamento está avaliado em US$ 2. 280 milhões, o equivalente a R$ 12 milhões, mas poderá ter uma variação, fato que fez a campanha mudar sua estratégia na hora de informar os valores arrecadados. “Como em um dia o dolár está a R$ 5,50 e em outro a R$ 5,10, essa variação no montante de milhões, muda muito. Então toda sexta-feira vamos publicar o valor exato que temos arrecadado e a cotação do dia”, explica.

Anderson reforça a importância em dar continuidade na campanha para que se tenha o valor necessário para o tratamento até Lívia completar dois anos de vida. “A campanha está muito forte, as pessoas estão muito engajadas, acredito que com um pouquinho de motivação, um pouquinho de força, vamos conseguir o restante do valor dentro de um mês, um mês e meio”, relata. A família trabalha com a possibilidade de embarque para os EUA em agosto deste ano. “Vamos batalhar com todas as forças, pedimos o apoio de todas as pessoas para que a gente consiga chegar aos R$ 12 milhões”.

A partir de agora, os valores arrecadados serão informados semanalmente (Foto: Reprodução)

Pandemia e alta do dólar

Anderson Teles conta que no início da campanha, quando os R$ 9 milhões eram necessários para o tratamento de Lívia, não se imaginava um cenário com a alta tão elevada do dólar e a chegada da pandemia causada pelo novo coronavírus, o que dificultou a realização de muitos eventos. “Isso tudo nos prejudicou muito na campanha, mas mesmo assim fomos batalhando e conseguimos concluir essa primeira etapa da campanha que era atingir os R$ 9 milhões”, explica.

O pai da menina destaca que é muito motivador chegar a essa meta inicial, pois algumas pessoas não acreditavam que era possível. “E hoje estamos ai, faltam ainda três meses para Lívia completar os três anos e já estamos passando dos R$ 9 milhões”, comemora.

A conquista dos R$ 9 milhões foram informados nesta quarta-feira (1º) (Foto: Reprodução)

Negociações para o tratamento nos EUA

Lívia Teles fará o tratamento em Boston, nos EUA, para isso, a família já entrou em contato com uma casa hospitalar e está com as negociações bem avançadas. “Negociamos com vários, mas teve um hospital que nos mostrou a possibilidade mais real, nos abriu as portas. Estamos formalizando as coisas com eles e aguardando um contrato”, explica Anderson.

A campanha

A Campanha “Todos pela Lívia” segue mobilizando diversas ações na região e também em outras cidades do Estado do Rio Grande do Sul. São muitos eventos, ações entre amigos, brechós, venda de produtos e outras iniciativas. A proposta teve início, conforme Anderson Teles, em agosto de 2019. Desde então, foram 575 publicações nas redes sociais de Lívia Teles, com objetivo de divulgar ações em prol da campanha e também relatando o dia a dia da menina. Doações também podem ser feitas através do site vakinha online e via depósitos bancários.

A cada R$ 300 mil arrecadados, a família fazia uma postagem, colocando uma aviãozinho no mapa que marca a trajetória da menina de Teutônia até os EUA. A partir de agora, os valores arrecadados serão informados semanalmente, toda a sexta-feira. Será uma tabela informativa, com quanto já foi obtido, a cotação do dólar e o que ainda é necessário para conquistar os R$ 12 milhões.

Texto: Gabriela Hautrive
producao@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui