Por mundo que “muda muito rápido”, Vettel vê existência da F1 em dez anos em xeque

Sebastian Vettel sente que a Fórmula 1 tem uma "montanha para escalar" se quiser seguir viável na próxima década. O alemão sente que o novo regulamento ainda não traz garantias


0
Alemão enfrentou problemas em seu SF1000 nos minutos finais do TL2 e causou bandeira vermelha (Foto: Ferrari / Grande Prêmio)

A Fórmula 1 que completa 70 anos em 2020 talvez não seja capaz de celebrar 80 anos em 2030. A análise parece catastrófica, mas não vem da boca de qualquer um: o tetracampeão Sebastian Vettel ponderou que, com o mundo mudando mais rápido do que nunca, é impossível garantir que a categoria seguirá viável no futuro de médio prazo.

Vettel não consegue apontar exatamente o que pode causar a ruína da F1 na próxima década, mas sente que novos desafios vão surgir. Vai caber à alta cúpula da categoria fazer os ajustes necessários.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui