Portaluppi celebra marca histórica e garante que quer mais: “Nosso objetivo é ganhar, ganhar e ganhar”

Renato chegou ao seu jogo de número 384 como técnico do Grêmio.


0
Foto: Lucas Uebel / Divulgação

A vitória tricolor por 2 a 1 em cima do Goiás nesta segunda-feira (30) foi marcada por um recorde: Renato Portaluppi chegou ao seu jogo de número 384 como técnico do Grêmio, superando a marca de Oswaldo Rolla, o Foguinho, e se tornando o treinador que mais comandou o clube na história.

“Fico muito feliz por quebrar mais uma marca. Espero continuar quebrando recordes nos próximos três meses. Feliz duplamente. Nessa data tão marcante, conquistamos uma vitória, mais três pontos no Brasileiro. A gente vem crescendo nas competições. Difícil ter (alguém que supere). Se um dia o Felipão resolver voltar para o Grêmio, pode me passar”, brincou o técnico.

Renato não escondeu sua vontade de continuar vencendo com o Grêmio e deixou claro que cobrança não faltará: “Eu quero ganhar mais. Quando cheguei, falei que ia tirar o time da fila de títulos, que a torcida ia parar de sofrer. Eu sempre coloco isso na cabeça do grupo, ganhar é bom demais, mas não podemos nos acomodar, ganhar mais, o meu objetivo é esse, degrau a degrau, com confiança, com união dos nossos jogadores. Nem sempre jogamos o que a gente quer, o que eu quero com todo mundo é ganhar mais títulos, vou continuar sempre cobrando meu grupo, a gente trabalha para isso”.

Com a vitória, o tricolor chegou a sua 14ª partida de invencibilidade, mais um número expressivo para a conta do técnico. Nas últimas rodadas, saltou na tabela do Campeonato Brasileiro e atualmente empata com Santos, Palmeiras e Inter na briga pelo G-6. “Não sei onde pode chegar, mas trabalhamos para ganhar títulos. É bom ver o Grêmio assim, há 40 dias falei que íamos chegar e decolar. Nosso objetivo é ganhar, ganhar e ganhar. Importante continuarmos o nosso trabalho. Estamos em três competições e trabalhamos para ganhar pelo menos um título”, finalizou o treinador.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui