Porto Alegre fecha 2021 com inflação maior que a nível nacional, diz IBGE

Finalizando 2021 com os 10,06%, o país atingiu o maior patamar da inflação em seis anos


0
Foto: Prefeitura de Porto Alegre / Divulgação

Dados divulgados nesta terça-feira apontam que Porto Alegre fechou 2021 com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 10,99%, maior que o indicador econômico registrado a nível nacional no período (10,06%).

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Capital gaúcha acumulou entre as regiões a quarta maior variação do IPCA no ano passado. Porto Alegre registrou mais do que o dobro de variação de inflação de 2020 (4,22%). A Capital em 2021 fica atrás somente de Curitiba (PR), Vitória (ES) e Rio Branco (AC), que terminaram o ano passado com o IPCA em 12,73%, 11,50% e 11,43%, respectivamente.

Logo atrás de Porto Alegre estão Campo Grande (MS), Salvador (BA) e Fortaleza (CE), com 10,92%, 10,78% e 10,63%. Quem teve o menor IPCA entre as regiões foi Belém (PA) em 2021, com o indicador se fixando em 8,10%. No mês de dezembro, Porto Alegre teve variação de 0,83%, novamente maior do que a do Brasil no período (0,73%).

Finalizando 2021 com os 10,06%, o país atingiu o maior patamar da inflação em seis anos. A disparada, ainda menor do que a que chegou a ser esperada por analistas financeiros entre os meses de novembro e de dezembro, representa quase o dobro do teto da meta estabelecida pelo governo para 2021, de 5,25%. O limite máximo perseguido levava em conta uma tolerância de 1,5 ponto percentual.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui