Possibilidade de bandeira preta preocupa Sindilojas

Presidente da entidade relata acordos para atendimento estendido no período natalino.


4
Foto: Arquivo / Radio do Vale

O Sindicato dos Lojistas do Comércio do Vale do Taquari (Sindilojas) negociou os acordos para o atendimento estendido neste período que antecede o Natal. Entre as novidades, está a possibilidade da abertura das lojas em dois domingos. O presidente do Sindilojas, Francisco Weimer dos Santos, o Kiko Weimer, concedeu entrevista ao programa Encontro Maior da Rádio do Vale e informou que também foram estendidos horários aos sábados e durante os dias da semana.


ouça a entrevista


 

Apesar dos acordos, a preocupação é a possibilidade da região de Lajeado ser classificada com a bandeira preta pelo Governo do Estado, em função da pandemia do novo coronavírus. Weimer explicou que o fechamento das empresas nesta época do ano seria muito prejudicial aos lojistas e consumidores. Ele entende que não há notícias de surtos da doença nas lojas e que a transmissão da Covid-19 não ocorre especialmente no comércio.

O presidente do Sindilojas também criticou a restrição de horário imposta pelo Governo do Estado. Weimer afirma que há a necessidade de diluir o movimento com horários mais estendidos, ao contrário da determinação atual. Pelo atual decreto, os estabelecimentos comerciais no Rio Grande do Sul podem atender até às 20h. GL

4 Comentários

  1. De nada adianta fechar ou reduzir a carga horária dos estabelecimentos, as festa e reuniões em si vão continuar.Empatia é o que falta.

  2. Eu admiro estes políticos…são muito sábios. Conseguiriam esconder o Vírus até o dia 30/11. Pediram para o vírus tirar umas férias e voltar depois. Estes políticos….acha que somos bobó. Bobó sim fui eu que botei nestes caras.

  3. Eu admiro estes políticos…são muito sábios. Conseguiriam esconder o Vírus até o dia 30/11. Pediram para o vírus tirar umas férias e voltar depois. Estes políticos….acha que somos bobó. Bobó sim fui eu que botei nestes caras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui