Postos de Saúde de Teutônia atendem sem agendamento prévio e priorizam pacientes com sintomas de Covid-19

Decisão por mudanças foi tomada na última segunda-feira (22) devido ao aumento na procura por atendimentos na cidade.


0
Conforme secretário, em um ano, atendimentos no Bairro Canabarro aumentaram em 1,5 mil (Foto: Édson Luís Schaeffer / Divulgação)

A situação no Vale do Taquari não é nada positiva no que se diz respeito a contaminações pelo novo coronavírus. Profissionais da área de saúde e gestores municipais indicam o momento como o pior para região desde o início da pandemia em março de 2020. São mais de 24 mil casos registrados da doença e 289 óbitos, até última atualização. Além disso, nesta terça-feira (23) os 65 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) disponíveis nos hospitais do Vale atingiram lotação máxima, com 100% de ocupação.


ouça a reportagem

 


 

Devido ao cenário, muitos municípios estão adotando medidas restritivas e ampliando atendimentos para conter o avanço do vírus. Em Teutônia, todos os Postos de Saúde da cidade passam a priorizar o auxílio para pessoas com sintomas gripais e casos de urgências. Conforme o Secretário de Saúde, Juliano Körner, a decisão foi tomada junto ao Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus do município na última segunda-feira (22). “Os serviços passam a ser de livre atendimento em todos os postos, sem agenda marcada, mas dando prioridade para pessoas com sintomas e em caso de urgência, diabetes e hipertensão, que devem ser atendidos”, relata.

Secretário de Saúde de Teutônia, Juliano Körner (Foto: Divulgação)

A orientação, segundo o secretário, é para que pessoas sem sintomas referentes a Covid-19 e enquadrados em casos graves, deixem para procurar o sistema de saúde em outro momento. Assim como também foram tomadas outras medidas para evitar a superlotação em postos de saúde e hospital do município. “As receitas que vencem em fevereiro e março, as pessoas podem buscar a medicação sem precisar consultar”, diz. Esses pacientes poderão ir até a farmácia, retirar o remédio que é de uso contínuo.

Körner ainda acrescenta que a escolha por atendimentos no setor Covid em todos os postos de Teutônia é para evitar aglomeração de pessoas em único local e fazer com que ninguém precise esperar tanto tempo para consultar. No Hospital Ouro Branco (HOB), um dos pontos de referência da cidade na área da saúde, estão sendo feitas recorrentes reuniões para alinhar o andamento de suporte à população. “O que não for emergência no hospital, será encaminhado ao Posto de Saúde para consulta, para que lá fique a preferência justamente a quem é emergência”, explica o secretário.

Segundo Körner, conforme levantamento feito pela prefeitura, a procura por atendimentos aumento 1,5 mil na comparação entre os meses de janeiro de 2020 e janeiro de 2021, somente em demandas no Bairro Canabarro. Nesta quarta-feira (24) pela manhã haviam 17 consultas e 28 exames até por volta das 9h30. “Está bem critica a situação e precisamos continuar tomando cuidados, usando máscara, fazendo higienização das mãos, que é muito importante”, completa o chefe da pasta.

Atendimento na Secretaria de Saúde de Teutônia está com redução de circulação de pessoas (Foto: Diego Silva / Divulgação)

Números da pandemia em Teutônia

Segundo a Prefeitura de Teutônia e dados informados no boletim diário do Estado do Rio Grande do Sul na última atualização, são 2.420 casos confirmados por contaminação da doença desde o início da pandemia na cidade, sendo que 2.340 pacientes já estão recuperados, com 25 óbitos e 55 casos ativos par ao vírus no momento. O número de pessoas vacinadas era 971 até o final desta terça-feira (23).

O prefeito de Teutônia, Celso Forneck (PDT), relatou a dificuldade que o município passa no atual estágio da pandemia, em entrevista ao programa Troca de Ideias da Rádio Independente desta segunda-feira (22). O mandatário afirmou que “em Teutônia a saúde está em período de pré-colapso, o que nos assusta muito”.

Confira também:

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui