Prazo para a declaração do imposto de renda não deve ser estendido neste ano, estima diretora do Sincovat

Em 2020, o tempo para a prestação de informações à Receita Federal foi ampliado para até 30 de junho


0
Foto: Divulgação

A declaração do imposto de renda à Receita Federal não deve ser prorrogada neste ano, quando o prazo máximo previsto é 30 de abril. A estimativa é da diretora financeira do Sindicato dos Contadores do Vale do Taquari (Sincovat), Vanessa Knecht Collett. Em 2020, a declaração foi estendida até 30 de junho.


ouça a entrevista

 


 

É possível fazer a declaração por meio do programa gerador de arrecadação da Receita; pela internet, no site do Fisco; e no aplicativo Meu Imposto de Renda.

A contadora explica que deve fazer a declaração quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2020; teve rendimentos isentos (doações, heranças, seguro) acima de R$ 40 mil; realizou a venda de imóvel ou carro no ano passado; no caso de realizar atividade rural, tiver receita bruta acima R$ 142.798,50; que possui bens superiores a R$ 300 mil; o cidadão que morava no exterior e voltou ao Brasil; e também quem vendeu e comprou novo imóvel no período, ou operou em bolsa de valores.

Em caso de prestação de informações incorretas, a Receita pode autuar o contribuinte. Entre as principais falhas nas declarações, a diretora do Sincovat diz que estão esquecer de informar aluguéis e doações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui