Pré-candidato a prefeito de município do Vale registra de tentativa de extorsão

Presidente do partido recebeu mensagem através do WhatsApp, acusando o pré-candidato de plágio. Mulher exigiu R$ 15 mil de direitos autorais e mais R$ 20 mil por danos morais.


1
Foto: Pixabay

Um pré-candidato a prefeito em um município do Vale do Taquari registrou ter sido vítima de tentativa de extorsão no último sábado (5).

Conforme o registro na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Lajeado, o político fez um vídeo de sua pré-candidatura, o qual foi compartilhado em sua rede social Facebook. No sábado, o presidente do partido recebeu mensagem através do WhatsApp, acusando o pré-candidato de plágio, pois em outra cidade de outra região do estado, outro pré-candidato havia feito um vídeo bastante semelhante.

Em seguida, uma mulher se dizendo esposa do suposto político do outro município fez contato e passou a exigir valores para não denegrir a imagem do pré-candidato do município do Vale do Taquari. A mulher exigiu R$ 15 mil de direitos autorais e mais R$ 20 mil por danos morais, salientando que tal fato poderia inviabilizar a candidatura do político local e ainda manchar sua imagem perante a comunidade.

A vítima e o presidente do partido retiraram o vídeo da rede social. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil. MS

1 comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui