Prefeito de Pouso Novo demonstra indignação quanto ao andamento de obras na BR-386

Extensas filas e paralisações na rodovia levam ao cancelamento das aulas no município


0
Prefeito Moacir Severgnini diz que vai apelar ao Ministério Público

Enfrentar extensas filas de veículos com cerca de 20 quilômetros de extensão e paralisações que chegam a totalizar três horas viraram rotina para moradores de Pouso Novo e usuários da BR-386 no trajeto que passa pelo município.

A situação é resultado de uma queda de barreira no quilômetro 297 e que devido às obras de conserto tem gerado lentidão no trânsito e reclamações de usuários.

Extensas filas resultam em 20 quilômetros de extensão

De acordo com o prefeito Moacir Severgnini, a indignação diante da situação é quanto a demora das obras, a falta de informações por parte da concessionária CCR ViaSul e a lentidão verificada no trânsito. “Levamos cerca de três horas para circularmos dentro do próprio município, o transporte escolar é o mais afetado e tivemos até que suspender as aulas. Questionamos a concessionária e está não nos responde. Acionamos o DNIT e agora vamos até o Ministério Público em busca de uma solução, pois já são 45 dias da enxurrada e nada foi resolvido.”

Em nota divulgada na quinta-feira, a CCR ViaSul diz que uma equipe trabalha no local e que as recentes chuvas tem atrapalhado os serviços. Também comunica que nesta sexta-feira (21) entre 11h30 e 13h o trânsito será bloqueado no quilômetro 297 para novas ações de recuperação do pavimento.

A concessionária também informa que as obras de recuperação devem seguir até o primeiro semestre de 2025.

Fotos e texto: Alício de Assunção

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui