Prefeito, vice e outros 109 funcionários de Lajeado doam R$ 40 mil dos salários

Doação espontânea foi de 10% dos vencimentos. Com isso, R$ 40.960,89 ficaram nos cofres públicos para o enfrentamento ao novo coronavírus.


0
Foto: Reprodução / Arquivo

Seguindo anúncio feito no começo de abril pelo prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo (PP), parte dos valores recebidos por alguns servidores públicos ficou nos cofres da Prefeitura, de forma espontânea, para auxiliar no combate ao Covid-19. Na noite desta quarta-feira (29) o município tinha 84 casos confirmados da doença, ou seja, mais da metade dos 147 já diagnosticados no Vale do Taquari.


OUÇA A SECRETÁRIA


O valor economizado no pagamento de abril foi de R$ 40.960,89, conforme a Secretaria da Administração (Sead). A única mudança, se comparada com o momento do anúncio de Caumo, foi a forma de destinação do valor. Primeiro o prefeito acreditava que seria possível fazer redução salarial por meio de decreto, mas a Sead teve outro entendimento. “Fizemos um parecer jurídico no sentido que seria ilegal, inconstitucional, haver uma redução de vencimentos. Orientamos que seria possível fazer doações espontâneas”, explica a secretária Elisangela Hoss de Souza.

Participaram da doação o prefeito, a vice, todos os dez secretários da administração e parte do funcionalismo. Aderiram ao movimento os 29 servidores que ocupam funções gratificadas (fgs) e 70 cargos em comissão (ccs). Entre eles, a adesão foi total. A doação foi do valor líquido recebido pelos envolvidos, ou seja, sem imposto de renda e INSS.

Do salário do prefeito Marcelo Caumo (PP) foi doada a quantia de R$ 1.796,87; da vice-prefeita Glaucia Schumacher (PP) R$ 776,85 e dos secretários valores de R$ 916,06 a R$ 949,74 – todos com 10% dos vencimentos. Entre estes, a doação total foi de R$ 11.794,58. Os demais R$ 29.166,31 partiram dos fgs e ccs. O pagamento ocorreu na terça-feira (28), já com a retirada do percentual doado.

Na Prefeitura de Lajeado são 1.837 concursados. Inicialmente, este grupo não foi convidado a participar da doação de salário, mas isso poderá mudar. A folha de pagamento, com todos os trabalhadores e encargos, é de R$ 9,5 milhões mensais, conforme a Secretaria da Administração. Os R$ 40.960,89 economizados representam 0,43% do montante mensal na Prefeitura.

Texto: Natalia Ribeiro / jornalismo@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui