Prefeitura de Estrela e Exército desativam hospital de campanha mais de um mês após enchente

Cerimônia marcou desmonte da estrutura onde 1,6 mil pessoas foram atendidas


0
Foto: Reprodução / Redes Sociais

Foi desativado, nesta sexta-feira (14), o hospital de campanha em Estrela. Instalada ao lado do ginásio do Sesi, a estrutura foi peça chave no auxílio à população atingida por chuvas e enchentes que devastaram o Vale do Taquari. O fim das atividades no local foi marcado por uma cerimônia, que teve a presença de representantes do Exército Brasileiro e da prefeitura do município.

A unidade foi construída entre os dias 3 e 4 de maio, passando a operar a partir do dia 5. Mais de 1,6 mil pessoas receberam socorro gratuito, todos os dias, das 7h às 19h.

O hospital de campanha ofereceu aos pacientes salas de triagem e recepção, ambulatório, área de medicação, sala de emergência e enfermaria para 40 leitos. Além disso, mais de 50 militares da área de saúde atuaram no local, como técnicos, enfermeiros e médicos. Os atendimentos mais comuns foram para tratar desidratação, hipotermia, doenças respiratórias, gripe, sinusite, leptospirose e dengue.

Durante a solenidade, o prefeito Elmar Schneider presenteou o comandante da 3ª Região Militar, general Anysio Luiz Crespo Alves Negrão, com a bandeira que contém o brasão da Estrela. O gestor prestou agradecimento ao Exército e destacou que, apesar do rastro de devastação deixado pelo Rio Taquari, não houve mortes no município.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui