Prefeitura de Forquetinha deixa trecho de 600 metros sem asfalto e provoca dúvidas na população

"Não conseguimos acreditar que o prefeito deixou esse trecho para trás só porque não votamos nele", diz Gilmar Heisser


3
Foto: Reprodução / Vídeo

Na localidade de Vila Prass, Forquetinha, o asfalto foi interrompido justamente onde moram famílias que não votaram no atual prefeito, gerando descontentamento na comunidade.

Além de ser interrompido onde moram famílias de oposição ao prefeito, a obra de asfaltamento foi retomada justamente em frente a casa do atual secretário de obras do município.

Alguns moradores já aguardam esta obra há mais de trinta anos, onde esperavam se livrar do barro e da poeira.


OUÇA A PARTICIPAÇÃO DOS MORADORES


A estrada geral da Vila Prass liga a BR 386 ao Esporte Clube Nacional, onde já recebeu dois trechos de asfalto, mas nesta terceira etapa, ao contrário do que pensaram os moradores, o trecho de 600 metros foi deixado para trás.

Morando há mais de 20 anos na localidade, Gilmar Heisser desabafa: “Não conseguimos acreditar que o prefeito deixou esse trecho para trás só porque não votamos nele”, diz Gilmar Heisser.

A reportagem conversou com, Paulo Grunewald, prefeito do município, que justificou a alteração na sequência do asfaltamento.


OUÇA A PARTICIPAÇÃO DO PREFEITO


Sobre a a sequência da pavimentação, o gestor municipal disse que o trecho que será pavimentado sofre com alagamentos. “Os próprios vereadores aprovaram por unanimidade”, afirma.

Ao ser questionado sobre o andamento do restante do asfaltamento, Grunewald afirmou que é necessário fazer caixa para pavimenta o trecho.

Segundo ele, com base no Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), estudo elaborado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), Forquetinha é referência em gestão fiscal.

Texto: Joel Alves

3 Comentários

  1. QUE ABSURDO!!! ONDE VAMOS PARA COM ESSE TIPINHO DE POLÍTICO??? FAZER POUCO CASO DESSAS FAMÍLIAS PORQUE NÃO SIMPATIZAM COM ELE. BOM, PELO JEITO TÁ JUSTIFICADO MESMO A FALTA DE SIMPATIA DESSE PESSOAL COM ESSE IMBECIL!!!

  2. Falou falou e não respondeu o questionamento dos moradores, sugiro as pessoas a imprimirem o projeto que está anexo ao processo de licitação e se estiver disforme disso fazer reclamação ao ministério público e até mesmo entrar com indenização por danos morais.

  3. Não quero ser injusto com ninguém,
    Nem sou eleitor de forquetinha , mais eu entendi que o alagamento da baixada do Nacional e da costaneira , que impedi toda a população que mora pra cima desse lugar , seria prioridade do que invés de asfaltar aquela parte , que só iria privilegiar aquelas 24 famílias que ficaram AGORA sem asfalto , e o asfalto deles está garantido para a próxima etapa , acho que cada um está pensando em ci próprio e não na população , é o meu entendimento , posso até estar erado , mais não sei acho que tem um pouco de politicagem nisso !

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui