Prefeitura de Lajeado prepara espaço exclusivo da assistência social para doações

Objetivo é concentrar as doações de forma adequada e organizada.


0

Milhares de doações chegaram ao Parque do Imigrante durante a enchente histórica que atingiu Lajeado e região no início de julho. Grande parte dos donativos já foram destinados às famílias em situação de vulnerabilidade e entidades. Agora, com o objetivo de concentrar as doações de forma adequada e organizada, a Prefeitura de Lajeado, por meio da Secretaria do Trabalho, Habitação e Assistência Social (STHAS), irá inaugurar um novo espaço que ficará aberto todos os dias da semana para atender a comunidade. A previsão é que seja aberto até o final do mês.

Em julho, a comunidade de Lajeado e de outras regiões do Estado se mobilizou para garantir que as famílias atingidas pela enchente fossem amparadas e pudessem reconstruir suas casas e suas vidas. Roupas, calçados, materiais de higiene e limpeza, alimentos, móveis e outros tipos de donativos lotaram o Pavilhão 4 do Parque do Imigrante. Como a quantidade de donativos era muito grande, a Prefeitura também permitiu que, além das famílias desalojadas, entidades e projetos sociais fossem beneficiados.

Nos últimos meses, entidades com fins comunitários puderam buscar donativos para atender as famílias de sua área de atuação, como é o caso do MoveMães. “Nosso projeto foi beneficiado com uma grande quantidade de fraldas, dos mais variados tamanhos, e com roupas. Muitas famílias foram beneficiadas e ficaram todas muito felizes. A contribuição foi muito importante, teve um impacto muito positivo pois sabemos o quanto uma família gasta com fralda”, contou a assistente social voluntária do projeto social MoveMães, Daiana Corbellini.

A diretora da Sthas, Cláudia Mazzarino, ressaltou que os itens doados foram destinados às famílias mais necessitadas, e os itens que ainda estão disponíveis no pavilhão ainda estão sendo organizados. “Valorizamos cada doação feita e agradecemos a todos que se mobilizaram. Porém, a grande quantidade de doações que recebemos provocou um problema de armazenamento. E, além disso, muitos itens que chegaram não apresentavam condições de uso, como por exemplo, chinelos sem tiras e roupas rasgadas. Então, as peças estão passando por uma nova triagem, para que sejam encaminhadas ao novo espaço aquelas que estão em bom estado de conservação e aptas a serem usadas”, explica Cláudia.

Até a abertura do novo local, as doações estão disponíveis para retirada por famílias em situação de vulnerabilidade social no Parque do Imigrante até esta sexta-feira (4), das 8h às 14h. Na próxima semana, os itens do pavilhão passarão por uma nova avaliação para serem levados ao espaço que será inaugurado.

Novo espaço

Localizada na rua Borges de Medeiros, 550, no Centro de Lajeado, uma casa alugada pela STHAS será destinada exclusivamente para receber doações da comunidade e destinar às famílias que possuem Cadastro Único. Parte do material, que estava anteriormente no Parque do Imigrante, já está no novo endereço aguardando pela chegada dos móveis para ser devidamente organizado. De acordo com Cláudia, os itens serão distribuídos em armários, prateleiras e araras, conforme o tamanho da peça e o tipo.

Foto: Pietra Darde

Além disso, o local contará com manequins, provadores e espaço para triagem e lavagem de roupas. O projeto também prevê oferecer aos usuários do Centro de Referência e Assistência Social (CRAS), a partir do ano que vem, oficinas de costura e customização que buscam conscientizar sobre o reaproveitamento de roupas. Para retirar os donativos, as famílias interessadas deverão buscar por um primeiro atendimento no CRAS para receber um comprovante que dá direito ao recebimento. A casa, quando inaugurada, funcionará de segunda a quinta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 16h45, e na sexta-feira, das 8h às 14h, sem fechar ao meio-dia. Dias e horários específicos para o recebimento de doações ainda serão informados pela Sthas. AI/RC


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui