Premiações podem ser superiores ao projetado pelo Grêmio antes da temporada

Clube já recheou o cofre com R$ 34,9 milhões somente na Copa do Brasil.


0

Não gastar mais do que arrecada é um dos lemas da gestão Romildo Bolzan Júnior à frente do Grêmio. O ano de 2020 é um retrato claro dessa realidade que passou a fazer parte do clube a partir de 2015. Na projeção orçamentária estabelecida no início de 2020 o Grêmio projetou chegar à fase de grupos da Libertadores da América, oitavas da Copa do Brasil e oitavo lugar no Campeonato Brasileiro.

Ou seja, se coloca no papel apenas aquilo que clube já tem garantido, com exceção do Brasileiro, em premiações. Falando a grosso modo, no linguajar popular, o Grêmio “não conta com a carroça na frente dos bois”.

Um exercício de responsabilidade fiscal que tem ajudado o clube a colecionar superávits ao longo dos últimos trimestres, mesmo em tempos de pandemia. Em sua projeção orçamentária, o Grêmio traçou como meta arrecadar R$ 2,6 milhões em prêmios com a Copa do Brasil. Até agora, com a passagem à final, recheou os cofres com R$ 34,9 milhões, muito além do projetado. Se vencer o Palmeiras e conquistar o sexto título em sua história, receberá mais R$ 32 milhões, totalizando R$ 64,9 milhões.

Na Libertadores, a história não é diferente. O Grêmio projetou disputar a fase de grupos e ganhar 3 milhões de dólares em prêmios (na cotação atual, cerca de R$ 15,9 milhões). Ao alcançar as quartas de final, o clube embolsou mais 1,05 milhão de dólares, totalizando aproximadamente R$ 21,4 milhões. No Campeonato Brasileiro, o Grêmio objetivou receber R$ 21,4 milhões. Mas vai ficar adiante na tabela. Se terminar em sexto, por exemplo, recebe R$ 24,7 milhões.

O clube pode, se for campeão da Copa do Brasil e terminar em sexto no Brasileirão, arrecadar mais de R$ 110 milhões somente em premiações. E mesmo que não vença a Copa do Brasil, o valor é bem acima do estipulado no início da temporada. As projeções cautelosas do presidente Bolzan previam R$ 40 milhões em prêmios nas competições que o clube disputa. O Grêmio já garantiu R$ 64,9 milhões, e ainda tem o Brasileirão e a decisão contra o Palmeiras para arrecadar mais.

Fonte: Correio do Povo


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui