Premiê do Haiti, Ariel Henry, renuncia em meio à invasão de gangues e crise no país

Caricom anunciou um acordo para a criação de um conselho de transição com representantes de diferentes movimentos políticos e do grupo empresarial


0
Ariel Henry (Foto: Wikimedia)

A Comunidade do Caribe (Caricom) anunciou, na madrugada desta terça-feira (12), a renúncia do primeiro-ministro haitiano, Ariel Henry, de 74 anos, após a escalada da violência causada por gangues que tomaram o controle da capital Porto Príncipe.

O presidente da Guiana, Irfaan Ali, líder temporário do bloco caribenho, que se reuniu na Jamaica para discutir com interlocutores haitianos soluções para uma transição de poder no país afirmou: “Reconhecemos a renúncia do primeiro-ministro Ariel Henry, para o estabelecimento de um conselho de transição presidencial e a nomeação de um primeiro-ministro interino”.

Ali anunciou, também, um acordo para a criação do conselho de transição incluindo representantes de diferentes movimentos políticos e do grupo empresarial. Os observadores sem direito a voto serão um membro da sociedade civil e um representante de religiosos do país.

Em seu vídeo de renúncia, Henry pediu calma aos haitianos e sugeriu que “façam de tudo para que a paz e a estabilidade voltem o mais rápido possível”.

Fonte: CNN

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui