Presidente do G-8, João Dullius afirma que momento é favorável para explorar o turismo na região

Detalhes finais devem concluir projeto para a criação de rota ciclo turística nos oito município do consórcio


0
Foto: Divulgação

Dois principais assuntos pautaram a última reunião do Cipae Consórcio Intermunicipal para Assuntos Estratégicos do G-8. O encontrou aconteceu durante a manhã desta quinta-feira (26), na Prefeitura Municipal de Sério. Além da aquisição de duas escavadeiras hidráulicas, também foi discutido o projeto que prevê a criação de uma rota ciclo turística no Vale do Taquari.


ouça a reportagem

 


Segundo o prefeito de Cruzeiro do Sul e presidente do G-8, João Dullius, o consórcio já possui uma máquina que circula entre os oito municípios. No entanto, em razão do uso constante, a escavadeira já apresenta sinais de desgaste e precisa ser trocada. A substituição será custeada com recursos próprios e os prefeitos também devem buscar dinheiro a nível federal para a aquisição de uma segunda máquina.

“Vamos montar um projeto para que a gente possa ter, através do recurso federal, uma segunda máquina, devido a grande demanda dos municípios. Todos entendem muito bem que caberia uma segunda máquina neste momento”, afirma Dullius. A ideia é que o maquinário já esteja à disposição no mês de janeiro.

Prefeito João Dullius (Foto: Tiago Silva / Arquivo)

Em seguida, entrou em discussão um projeto que, segundo o presidente do G-8, será pioneiro na região. O grupo está mobilizado para a criação de uma rota ciclo turística com 200 km de extensão. Inicialmente estava prevista a criação de uma roteiro que iria integrar seis municípios. No entanto, as lideranças locais trabalham agora com um trajeto dividido em duas etapas e que possa contemplar todas as oito cidades do consórcio.

“No antigo projeto discutido, Cruzeiro do Sul e Santa Clara do Sul ficariam de fora do roteiro, por uma questão geográfica. Só que agora estamos estudando criar duas rotas. Uma que liga esses dois municípios e seria, teoricamente, mais plana, mais leve. E uma outra que inicia em Forquetinha e passa por Sério, Forquetinha, Boqueirão do Leão, Progresso, Marques de Souza e Canudos do Vale, retornando ao ponto inicial”, explica.

A proposta foi inspirada na Rota Germânica, que inclui 14 municípios da Serra Gaúcha. Conforme o presidente, faltam detalhes para a finalização do projeto e a definição deve sair ainda nesta semana. “Se fala tanto em turismo na nossa região, então esse é o momento da gente explorar isso. Quem vai ganhar é a comunidade não só do Vale do Taquari, mas de todo o Rio Grande do Sul”, conclui.

O G-8 é formado pelos municípios de Boqueirão do Leão, Canudos do Vale, Cruzeiro do Sul, Forquetinha, Marques de Souza, Progresso, Santa Clara do Sul e Sério. Os prefeitos voltam a se reunir no dia 8 de outubro, em Boqueirão do Leão.

Texto: Artur Dullius
reporter@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui