Presidente do STR Estrela avalia balanço de 2020

Assembleias realizadas em junho, também definiram comissão eleitoral para pleito da entidade


0
Foto: Rádio do Vale

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Estrela, Rogério Heemann, analisou os resultados financeiros aprovados em assembleia no mês de junho por parte dos associados. As assembleias promovidas pela entidade, ocorreram no salão da Comunidade Católica de Santa Rita.


ouça a entrevista 

 


 

O balanço de 2020 apresentou o resultado positivo de R$ 219.036,82, mas tirando a depreciação contábil, sobrou o resultado líquido positivo de R$ 184.547,29. “Graças ao trabalho sério da diretoria, mesmo em um ano de dificuldades, conseguimos fechar com um resultado positivo”, observa.

Nas assembleias foram definidos os integrantes da comissão eleitoral. Hilário Eidelwein, Cristina Thies Prediger e Elaine Zwirtes integram o grupo. A data da eleição do STR Estrela será definida pela própria comissão, e deve ficar entre outubro e novembro.

Quanto ao Plano Safra 2021/22, que o governo anunciou com R$ 251,2 bilhões para pequenos, médios e grandes produtores rurais, valor 6,3% maior do que o anterior, o presidente chama atenção para os juros para agricultura familiar, que subiram. “É sempre uma briga com o Ministério, não concordamos com juros altos pagos pela agricultura familiar, pois vai faltar dinheiro para o produtor investir”, explica o sindicalista.

Heemann criticou a atuação da empresa RGE no abastecimento de energia, que novamente gerou críticas dos produtores rurais. “Por que uma empresa como esta vai atender melhor um lugar com poucos clientes como no interior, ao invés da cidade que moram vários clientes”, opinou. Ele revela que há um movimento para que se consiga transferir o abastecimento no interior para a Certel, porém salienta que é uma tarefa muito difícil.

Texto: Júlio César Lenhard

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui