Preso autor de estupro seguido de roubo, em Arroio do Meio

Indivíduo tentou fugir, mas foi capturado pelos órgão policiais


6
Preso autor de estupro seguido de roubo em Arroio do Meio (Foto: Polícia Civil / Divulgação)

Foi preso no início da manhã desta quarta-feira (13) no Bairro Navegantes, em Arroio do Meio, o autor de um estupro seguido de roubo ocorrido na quinta-feira, dia 7 de julho no município.

Na ocasião do crime, o indivíduo arrastou uma jovem de 19 anos de idade até um mato, estuprou e posteriormente roubou sua bicicleta e o celular. A vítima se dirigia para o trabalho. Antes de ir embora, o indivíduo de 41 anos de idade ainda ameaçou a mulher de morte, caso revelasse o caso à Polícia.

Após o fato chegar ao conhecimentos dos órgãos policiais, iniciaram-se as buscas, uma vez que a vítima reconheceu, sem sombra de dúvidas, por imagens, o autor do crime. A Polícia Civil local, que tem a frente o delegado Dinarte Marshall Júnior, também encaminhou o pedido de prisão preventiva, que foi deferido pelo poder judiciário.

Por volta das 6h desta quarta (13) o indivíduo foi encontrado dormindo no porão de uma residência, localizada na Rua Campos Sales. Ao perceber a presença policial, o criminoso tentou fugir. Um forte aparato foi montado pela Polícia Civil, Brigada Militar e Patram, tendo em vista ser um local ribeirinho e o homem já ter fugido pelas águas do Rio Taquari em outra oportunidade.

O criminoso, de alta periculosidade, com diversos antecedentes policiais, inclusive por estupro, correu e pulou de uma casa para outra, subindo pelos telhados e ocultando-se em uma residência vizinha. Em dado momento o foragido escorregou e caiu do telhado, contudo, ainda insistiu na fuga. Neste momento ele foi contido pelos policiais.

O preso foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Arroio do Meio e posteriormente ao Presídio local. MS

6 Comentários

  1. “…o criminoso, de alta periculosidade, com diversos antecedentes, INCLUSIVE POR ESTUPRO….” mas estava em liberdade condicional!!!!!!!!!!!!!!

    Será que, após todo esse excelente trabalho das polícias, esse ‘indivíduo’ voltará a ter esse benefício novamente, sendo posto em liberdade daqui a algum tempo?!?!?!?

  2. tem alguma dúvida que sim!!! Nosso país infelizmente não tem leis rígidas, logo vem o Natal , aí são liberados para passar em casa….

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui