Prévia da inflação perde força, mas é a maior para maio desde 2016, diz IBGE


0
Foto: Agência Brasil

Depois de registrar a maior variação para o mês de abril em 27 anos (+1,7%), a prévia da inflação oficial desacelerou em maio ao avançar 0,59%, de acordo com informações divulgadas nesta terça-feira (24) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com a variação, a maior para o mês de maio desde 2016 (+0,86%), o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15) acumula alta de 4,93% em 2022. Nos últimos 12 meses, o salto dos preços é de 12,2%, patamar mais de três vezes superior à meta estabelecida pelo governo para este ano.

Diante da série de altas, o Banco Central (BC) já admite que os índices oficiais de preços vão superar meta estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional (CVM) para a inflação em 2022, de 3,5%, com margem de tolerância de 1,5 ponto (de 2% a 5%), pelo segundo ano consecutivo.

Fonte: R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui