Previsão de crescimento do PIB para 2021 recupera parte das perdas de 2020

"Cenário é de recuperação lenta e gradual", afirma a economista Cíntia Agostini no quadro "Direto ao Ponto".


0
Foto: Miguel Ângelo / CNI / Divulgação

Ainda ontem foram divulgadas as primeiras previsões de crescimento da economia brasileira para 2021. Esse crescimento que é medido pelo Produto Interno Bruto (PIB) é o somatório de tudo que é produzido no Brasil, sejam por empresas nacionais ou internacionais. No ano de 2020 a estimativa é que tivemos uma queda de 4,4%, ou seja, a economia brasileira “encolheu” os 4,4%.


ouça a análise

 


Economista e professora Cíntia Agostini (Foto: Arquivo)

Já para esse ano o mercado começa indicando que, considerando o cenário de vacinação para a pandemia, de retomada das atividades econômicas e de recuperação mundial, tenham um crescimento de 3,4% comparado ao ano passado. Ou seja, um ano negativo e que neste recupera parte das perdas do ano anterior.

Esse é o nosso cenário, um cenário de recuperação lenta e gradual e que, considerando todos os aspectos que conhecemos hoje, teremos um segundo semestre de 2021 melhor para a economia brasileira.

Cíntia Agostini, economista, doutora em desenvolvimento regional, professora universitária e coordenadora do Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari (Tecnovates). 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui