PRF realiza operação integrada de combate à embriaguez ao volante, em Lajeado

As equipes envolvidas abordaram 230 condutores


2
Foto: PRF / Divulgação

Entre a noite de sábado e a madrugada de domingo, dias 18 e 19, a Polícia Rodoviária Federal (PRF), realizou, com o apoio da Brigada Militar, a Polícia Civil e o órgão de fiscalização de trânsito de Lajeado, uma operação voltada à repressão do consumo de álcool na condução de veículos automotores. A ação ocorreu em Lajeado, na BR-386 e na Rua Bento Rosa. As equipes envolvidas abordaram 230 condutores.

Nas fiscalizações, cinco motoristas que, realizaram o teste do bafômetro, estavam sob o efeito de álcool, outros 10 se recusaram submeter ao teste. No comando, cerca de 50 outras infrações de trânsito foram constatadas, entre elas as de veículo em mau estado de conservação, motorista sem habilitação, licenciamento vencido e condutor não utilizando o cinto de segurança. Uma pessoa foi presa em flagrante por embriaguez.

A PRF lembra que a legislação de trânsito vigente pune severamente quem dirige sob a influência de álcool, prevendo uma multa no valor de R$ 2.934,70 (montante esse que pode ser dobrado no caso de reincidência no período de um ano), sete pontos na CNH e suspensão do direito de dirigir por 12 meses. E se o resultado do teste de bafômetro superar um certo patamar, além da infração de trânsito, o condutor será responsabilizado criminalmente.

Como é uma dúvida comum entre os motoristas, a PRF alerta que a recusa ao teste oferecido acarreta as mesmas consequências acima listadas, isto é, multa no valor de R$ 2.934,70, pontos na CNH e suspensão do direito de dirigir por 12 meses. E mais, o condutor com o direito de dirigir suspenso que for flagrado conduzindo um veículo terá a sua habilitação cassada, devendo reiniciar todo o processo teórico e prático para a obtenção de uma nova permissão para dirigir.

Portanto, a melhor conduta a se adotar após o consumo de álcool é não dirigir um veículo, pois, além das repercussões administrativas e criminais possíveis, o condutor alcoolizado estará colocando a vida ou a integridade física de outras pessoas em risco iminente, e diferente de todo o resto isso possui consequências permanentes.

2 Comentários

  1. Espero que coisa assim seja feito na ers 413 , com controle de velocidade , ultrapassagem em local proibido ou faixa contínua dupla e teste do bafômetro

  2. Olha eu gostaria muito de ver uma operação igual a essa … fechando as entradas e saídas dos bairros mais complicados de Lajeado. Mas lá a coisa e mais complicado de realizar estes tipo de operação. Para min uma grande cena de filme .

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui