Primeira candidata indiana a vacina contra Covid-19 é aprovada para testes em humanos

Nenhuma vacina foi aprovada ainda para uso comercial contra a doença, mas mais de uma dúzia delas, das mais de 100 candidatas em todo o mundo, está sendo testada em humanos. Confira as informações do programa Correspondente Independente do meio-dia.


0
Foto: iStock

A potencial vacina contra Covid-19 da Bharat Biotech foi aprovada nesta terça-feira (30) para ser testada em humanos, tornando-a a primeira candidata indiana a receber o aval da agência reguladora local em um momento em que aumentam os casos da doença respiratória causada pelo novo coronavírus no país de 1,3 bilhão de habitantes.
A Controladoria-Geral de Medicamentos da Índia aprovou o pedido da companhia para realizar as Fases 1 e 2 de testes clínicos da Covaxin, que foi desenvolvida em conjunto com o Instituto Nacional de Virologia do Conselho Indiano de Pesquisa Médica, informou a empresa em comunicado na segunda-feira. Os testes clínicos em humanos com a vacina devem começar em todo o país em julho.

Desemprego sobe para 12,9% em maio e país tem tombo recorde no número de ocupados

A taxa oficial de desemprego no Brasil subiu para 12,9% no trimestre encerrado em maio, atingindo 12,7 milhões de pessoas, e com um fechamento de 7,8 milhões de postos de trabalho em relação ao trimestre anterior. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Mensal (PNAD Contínua) divulgada nesta terça-feira (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado representa uma alta de 1,2 ponto percentual na comparação com o trimestre encerrado em fevereiro (11,6%) e de 0,6 ponto percentual em relação ao mesmo trimestre de 2019 (12,3%). Dessa forma, o número de pessoas na fila por um emprego teve aumento de 3% (368 mil pessoas a mais) frente ao trimestre móvel anterior (12,3 milhões de pessoas) e ficou estatisticamente estável frente a igual período de 2019 (13 milhões de pessoas).

Polícia Federal investiga fraudes ao Proagro

A Polícia Federal deflagra, na manhã de hoje (30), a Operação Hemera, que investiga fraudes no programa de garantia da atividade agropecuária (Proagro) do Governo Federal.
Cerca de 30 policiais federais cumprem nove mandados de busca e apreensão nos municípios de Passo Fundo, Ijuí, Tapera e Salto do Jacuí. A investigação teve início em 2019 para apurar possíveis fraudes na obtenção do seguro agrícola, referentes às safras dos anos de 2016 e 2017. Os agricultores, após obterem financiamento agrícola através dos Programas Federais PRONAF e PRONAMP, alegavam perdas na produção e utilizavam notas fiscais de aquisição de insumos adulteradas para então receber o seguro. Diligências realizadas identificaram que um grupo de empresas e pessoas físicas forneciam essas notas fiscais aos agricultores. Os crimes investigados são falsificação de documento particular, uso de documento falso e tentativa de estelionato. A Operação foi denominada Hemera, deusa mitológica grega que representa o Sol, o ciclo da manhã e a fertilidade da terra.

Centro de Saúde Montanha retoma atendimentos regulares em horário ampliado

A Secretaria da Saúde (Sesa) da Prefeitura de Lajeado informa que a partir desta quarta-feira 1º de julho, o Centro de Saúde Montanha não será mais referência para atendimento exclusivo de sintomáticos respiratórios de Covid-19, como vinha sendo até o momento. A partir de julho, todas as unidades de saúde do município realizarão este atendimento, além dos atendimentos normais. Os horários de atendimento permanecem ampliados no Centro e no Montanha. Conforme o secretário da Saúde, Cláudio Klein, a mudança ocorre devido à baixa procura pelo atendimento até então exclusivo no Centro de Saúde Montanha e pela melhora e indicativo de estabilização na evolução da pandemia do novo coronavírus no Município de Lajeado. Além disso, os usuários dos bairros Montanha, Bom Pastor e Moinhos d’Água podem retomar a busca pelos atendimentos no Centro de Saúde e no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO). AI / GH

Hospitais estaduais recebem repasse de R$ 43 milhões via emendas da bancada federal

Mais de cem hospitais gerenciados pelo governo do Estado receberão um reforço financeiro para o combate ao coronavírus. No valor de cerca de R$ 43 milhões, o repasse foi feito via emendas extraordinárias da bancada federal gaúcha e já está no caixa estadual para ser encaminhado aos hospitais. O anúncio do repasse foi feito na manhã desta terça-feira (30/6), via videoconferência transmitida pelas redes sociais. Com a participação do governador Eduardo Leite, do vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, e da secretária da Saúde, Arita Bergmann, o encontro reuniu deputados federais e estaduais e senadores. No total, serão R$ 99,3 milhões repassados ao Rio Grande do Sul com o objetivo de fortalecer as ações de combate ao coronavírus. Desse valor, R$ 43.400.725,93 serão enviados a 111 hospitais sob gestão estadual. O restante do valor será repassado a hospitais sob gestão municipal.

Teutônia e Lajeado registram novos óbitos por Covid-19 nesta terça; região chega a 44 mortes pela doença

O Hospital Bruno Born informa na manhã desta terça-feira (30), a morte por Covid-19, de um homem de 70 anos, morador de Teutônia. Ele estava internado desde o dia 9 de junho. O óbito ocorreu às 5h15 desta madrugada. Esta é a segunda morte por coronavírus no município de Teutônia. O HBB também informa a morte de um idoso de 80 anos, de Lajeado, ocorrida na sexta-feira (26), às 20h28, no mesmo dia em que foi internado. Ele tinha doença pulmonar, diabetes e hipertensão, e não era residente de lar de idosos. Esta é a 22ª morte por coronavírus em Lajeado. Agora o Vale do Taquari tem 44 óbitos por Covid-19 em dez municípios. São eles: Lajeado (22), Cruzeiro do Sul (5), Encantado (4), Paverama (3), Estrela (2), Roca Sales (2), Taquari (2), Bom Retiro do Sul (1), Teutônia (2) e Arvorezinha (1).

Produção e apresentação: Júlio César Lenhard
Próxima edição: hoje, às 18h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui