Primeiras doses de vacina fabricada na Fiocruz serão entregues na quarta-feira

Confira as informações do programa Correspondente Independente das 18h


0
Foto: Agência Brasil / Divulgação

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) informou, nesta segunda-feira, que vai entregar na próxima quarta-feira, ao Ministério da Saúde, as primeiras 500 mil doses de vacinas contra a Covid-19 produzidas pela instituição. É a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca, cuja técnica de fabricação é dominada pela Fiocruz, entre outras instituições pelo mundo. Na sexta-feira, devem ser entregues mais 580 mil doses, totalizando 1 milhão e 80 mil. A distribuição aos Estados caberá ao Ministério da Saúde, por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI). A Fiocruz prevê entregar ao Ministério, ao longo do mês de março, 3,8 milhões de doses. Na última sexta-feira, uma segunda linha de produção entrou em operação no Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos da Fiocruz (Bio-Manguinhos/Fiocruz), aumentando a capacidade produtiva da fábrica de vacinas. A expectativa é chegar até o final do mês com uma produção de cerca de um milhão de doses por dia. Fonte: Correio do Povo

Porto Alegre registra queda no número de acidentes de trânsito em fevereiro

O mês de fevereiro terminou com 677 acidentes de trânsito em Porto Alegre. O número representa uma redução de 17% em relação a janeiro (816 ocorrências). Na comparação com fevereiro do ano passado, quando foram registrados 945 acidentes, a redução foi de 28%. Segundo os dados divulgados pela EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação), 239 pessoas ficaram feridas no trânsito em fevereiro e cinco morreram. Já no mesmo período de 2020, foram 341 feridos e oito mortos. A maioria das vítimas são homens de 18 a 35 anos. Fonte: O Sul

Copa América será realizada de 13 de junho a 10 de julho na Argentina e na Colômbia

O novo calendário da Copa América, adiada para este ano em razão da pandemia de Covid-19, foi anunciado nesta segunda-feira (15) pela Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol). O torneio ocorrerá de 13 de junho a 10 de julho na Argentina e na Colômbia, com apenas dez seleções, após a desistência de Austrália e Catar, países convidados para a competição. O Brasil é o atual campeão. A última edição ocorreu em 2019. O jogo de abertura será entre Argentina e Chile, em Buenos Aires. No mesmo dia, Paraguai e Bolívia duelam na cidade argentina de Medonza. Já o Brasil estreará no dia seguinte contra a Venezuela, em Medellín (Colômbia). A Seleção Brasileira disputará todos os jogos da primeira fase na Colômbia, onde também será realizada a final da Copa América, na cidade de Barranquilla. Na primeira fase da competição, as seleções estão divididas em dois grupos, e apenas os dois melhores em cada chave avançam às quartas de final. O Brasil tem nove títulos da Copa América. O Uruguai é o maior vencedor, com 15, seguido pela Argentina, com 14. Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui