Primeiro óbito do ano por dengue no RS alerta para necessidade de prevenção contra o Aedes aegypti

O óbito da idosa de 76 anos, de Chapada, ocorreu em 9 de março, seis dias após ela iniciar com sintomas


0
Foto: Divulgação / SES

Foi confirmada na última semana a primeira morte por dengue no Rio Grande do Sul em 2022. Trata-se de uma mulher de 76 anos, residente de Chapada, município do Norte do Estado. O fato serve de alerta para a necessidade de medidas de prevenção contra o mosquito transmissor da doença, o Aedes aegypti. Além desse óbito, já foram registrados no RS este ano outros 752 casos de dengue contraídos dentro do Estado (autóctones).

O óbito da idosa ocorreu em 9 de março, seis dias após ela iniciar com sintomas de febre, cefaleia (dor de cabeça), dor retro-orbital (dor atrás dos olhos), mialgia (dor muscular), artralgia (dor nas articulações) e náuseas.

A paciente tinha como comorbidades hipertensão arterial sistêmica e doença pulmonar obstrutiva. Exames laboratoriais identificaram que ela teve o vírus do sorotipo DENV-1, um dos quatro subtipos da dengue. Em 2021 foram 11 óbitos confirmados por dengue no RS, contra seis no ano anterior.

Fonte: Governo do RS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui