“Problema não foi o comércio, e sim aglomerações em outros espaços”, diz secretário sobre fiscalizações em Lajeado

Paulo Locatelli, titular da Secretaria de Segurança Pública, fez um balanço sobre as ações realizadas durante o final de semana na cidade.


2
Ações de fiscalizações aconteceram durante o final de semana (Foto: Divulgação)

Lajeado realizou operações para fiscalizar estabelecimentos comerciais, festas privadas e aglomerações em espaços públicos durante o final de semana. Objetivo foi certificar o cumprimento de regras impostas em decretos municipal e estadual por conta da classificação de bandeira preta no Vale do Taquari e demais regiões do RS. Conforme o Secretário de Segurança Pública do município, Paulo Locatteli, os problemas mais recorrentes foram identificados em espaços públicos da cidade.


ouça a reportagem

 


No sábado (27), na parte da tarde, a Brigada Militar identificou pessoas reunidas na beira do Rio Taquari, próximo à Ponte de Ferro entre Lajeado e Arroio do Meio, local conhecido como Cascalheira. Para evitar novas situações, a prefeitura bloqueou o acesso, colocando barreiras para impedir a entrada de veículos. O mesmo ocorreu no Porto dos Bruder, na Rua Osvaldo Aranha, no Centro de Lajeado.

Os bloqueios foram feitos com terra e galhos de árvores, pois as fitas não são suficientes, conforme Locatelli. “Pedimos o apoio da Polícia Militar no local, o pessoal foi orientado, saiu e tivemos que interditar. No momento que colocamos uma fita, as aglomerações continuam acontecendo”, relata.

Além disso, também no sábado, após receber denúncias, a Secretaria de Segurança Pública, com apoio da Brigada Militar e Polícia Civil, impediu a realização de um evento com cerca de 100 convidados. “Entramos em contato com o pessoal e até os próprios noivos impediram a chegada dos convidados, fazendo uma cerimônia simples, e foi resolvido”, explica o secretário.

O secretário também relatou a preocupação em ter que agir em diferentes pontos para evitar problemas. “Causa um desgaste, pois mobiliza toda estrutura policial e de fiscais.” Em relação ao andamento das fiscalizações, Locatelli informa que nesta terça-feira (2) será feita uma reunião para avaliar o trabalho e determinar a continuação dele. “Vamos analisar o que foi feito e o que podemos melhorar e informar a imprensa”, relata.

Secretário de Segurança Pública de Lajeado, Paulo Locatelli (Foto: Gabriela Hautrive / Arquivo Rádio Independente)

Fiscalização no domingo

Neste domingo (28) as equipes de fiscalização trabalharam entre o meio-dia e 18h, e passaram nos Bairros Moinhos, São Cristóvão, Universitário, Montanha, Conventos, Floresta e Centro. Em termos de estabelecimentos foram dez fiscalizados, destes, sete orientados/notificados.

O decreto estadual determina que os estabelecimentos não podem receber clientes entre 20h e 5h. Além disso, precisam cumprir regras de distanciamento e cuidados sanitários, como uso de máscara e álcool em gel.

Ajustes nos protocolos de bandeira preta

Pela primeira vez, todo o Rio Grande do Sul foi classificado em bandeira preta e, a desde este sábado (27), todas as 21 regiões Covid terão de obedecer aos protocolos determinados pelo Estado pois a cogestão regional foi suspensa pelo menos até o dia 7 de março devido ao agravamento da pandemia.

A partir de demandas de setores e entidades, o governo anunciou alguns ajustes nos protocolos de bandeira preta. O novo decreto foi publicado na noite desta sexta-feira (26), no Diário Oficial do Estado, com vigência das bandeiras e das medidas a partir deste sábado (27) até o domingo seguinte (7).

Clique aqui e saiba quais são as mudanças.

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br

 

2 Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui