A Procuradoria “ad hoc” (destinada somente a esse caso) para as investigações sobre os subornos da empresa brasileira Odebrecht denunciou nesta segunda-feira (6) o ex-presidente peruano Alan García pelo suposto crime contra a administração pública na execução da Linha 1 do Metrô de Lima.

A Odebrecht, que atua no Peru há quase quatro décadas em obras de infraestrutura, energia, irrigação e indústria, está sendo investigada em um grande escândalo de corrupção que envolve os três últimos governos do país.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui