A Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) emitiu nota na noite de quarta-feira (31) sobre o inquérito que apontou falsificação de e-mails usados pelo Inter no caso Victor Ramos. O comunicado diz que o procurador-geral Felipe Bevilacqua irá analisar o caso com “parcimônia”.

Responsável pela investigação, o auditor Mauro Marcelo de Lima e Silva concluiu que o clube gaúcho não foi o responsável pela falsificação, mas fez uso dos documentos adulterados. Ele pediu que o clube seja denunciado conforme indica o artigo 61 do Código Disciplinar da Fifa, que prevê a pena de exclusão do clube de competições. G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui